Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


De molho...

Sábado, 12.03.11

Fomos abençoados com internet em casa a meio de Fevereiro... um serviço que deixa muito a desejar, mas enfim, melhor que nada. Para além disso, estou tão saturada com cenas do género que até perdi a vontade de reclamar... mas talvez isso seja porque tenho andado podre nestes últimos tempos.

 

Embora tenha net em casa, o tempo tem sido madrasto e não tenho conseguido feito absolutamente senão trabalhar, comer e dormir... por isso só agora (que estou de férias forçadas) é que consegui dar sinal de vida aqui por estas bandas.

 

De momento estou de baixa devido a uma infecção respiratória... coisa que podia ter sido evitada caso eu tomasse conta de mim e não me armasse em heroína. 

 

Muito se passou desde que rabisquei aqui... tanta coisa para contar, a maioria já esquecida.

 

Os pontos a salientar são:


O Palacete II não é palacete nenhum... só tem problemas que se descobriram depois de começar a viver nele (são tantos que merece um post dedicado). Mal posso esperar para mudar de casa!!!

 

No entanto, e no meio desta crise toda, tive um pouco de sorte e consegui arranjar trabalho na universidade.
Comecei como EAA (Education Access Assistant), onde trabalhei a dar apoio a alunos deficientes e/ou com necessidades especiais de aprendizagem. Como o trabalho não era a tempo inteiro, arranjei um part-time das 6 às 8 da matina a limpar escritórios e salas de aula.

 

Entretanto concorri para uma posição administrativa a tempo inteiro em Janeiro na universidade (no mesmo departamento onde trabalhava), que consegui depois de duas entrevistas dolorosas e um teste. Ainda fico um bocado abananada cada vez que penso que consegui o trabalho!


Como isto hoje em dia não há certezas de nada e eu tenho uma data de coisitas para pagar... ainda continuo a fazer o meu part-time e depois vou de seguida para o escritório. Entro de noite e saio de noite... enfim. 

 

Depois de anos a alombar em catering, este emprego caiu-me do céu! Pela primeira vez em 12 anos, posso dizer que tenho um emprego... porque dantes tudo o que tive foi trabalhos.

Sim, tenho responsabilidades e dores de cabeça e de tentar orientar uma data de gente... mas no final do dia não andei a correr de um lado para o outro, nem me chateei com filhos da puta que têm a mania que me podem tratar como merda. 

O melhor de tudo, é que sinto-me outra vez que estou a contribuir algo para a sociedade... coisa que não sentia desde que deixei os bombeiros. Embora não de maneira tão activa, o meu trabalho faz diferença na vida de uma data de alunos, e é recompensante de certa forma.

 

No entanto, continuo a limpar todas as manhãs para não me esquecer das 'raizes', porque o dinheiro faz-me falta e porque tudo o que é bom acaba... Especialmente com os cortes absurdos que andam por aí.

 

Dar uso ao curso de momento é para esquecer... as poucas vagas que há em Forensics exigem um mínimo de experiencia profissional de 3 anos, e no outro dia saíram duas com requisitos mínimo de 7 e 10 anos de experiencia!!! WTF?! Como raio uma pessoa adquire experiencia se não nos dão sequer hipótese de trabalhar.

É um assunto que me deixa bastante frustrada... por isso é mesmo melhor mudar de tópico.

 

Estou preocupada com a Hiko e o Alex (que se mudaram para o Japão em Dezembro), e embora ontem tenha conseguido falar com ela depois do tremor de terra, nunca mais ouvi noticias nenhumas... O Alex estava preso em Tokyo e não conseguia voltar a casa porque os comboios pararam. Espero que esteja tudo bem T_T

 

Até agora a única coisa boa que esta baixa trouxe foi de facto tempo... tempo para ficar na caminha a vegetar. Portátil no colo, cuscar a vida dos outros no facebook, ler o meu livrinho... e jogar Dragon Age II eheheh. Pena mesmo ter umas valentes dores de peito quando respiro, rio, falo, tudo! 

 

A ver se volto a rabiscar aqui com mais frequência e a tirar pelingrafias... não toco na máquina fotográfica há colhões!

 

 

Hasta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 10:02

E mais um ano se passou...

Quinta-feira, 11.02.10

Por esta altura, há uns anitos atrás, estava eu a olhar para o tecto, enquanto estava deitada no que foi a minha primeira cama no Reino Unido. Havia poucas horas que tinha aterrado no aeroporto de Cardiff... e a única coisa que tinha certeza é que começava a trabalhar dali a dois dias.

Excusado será dizer que a noite foi passada em branco, apesar do cansaço da viagem... a solidão essa só veio uns tempos depois, quando a vida não andava lá grande coisa... mas já passou, e o que não mata torna-nos mais fortes.

 

Hoje... aqui estou deitada na minha quinta cama daqui, saliento que é a melhor até à data, e penso como estaria a minha vida senão tivesse ganho tomates e deixado tudo e todos para vir para aqui em busca de um futuro melhor... porque de facto, Portugal fechou-me as portas, então eu saltei pela janela.

 

Embora não me arrependa da decisão que tomei, por vezes fico irritada comigo mesma por não me contentar em passar o resto dos meus dias a trabalhar num restaurante, num supermercado ou numa loja... alguém um dia disse-me "ambição a mais não trás felicidade", ao que eu questiono, e o comformismo, traz??

Não sei se estou a usar a palavra bem, mas comformar-me que trabalho 40 horas (fora as outras que não são pagas) por semana e o ordenado não chega sequer para pagar o empréstimo da casa, que dita casa vai demorar 40 anos a ser paga, que vou passar o resto da minha vida com os tostões contados e ainda o facto de quanto mais se trabalha, mais o patrão exige, sem qualquer reconhecimento ou bónus pelo bom trabalho prestado... não acho lá muito sugestivo. Trabalho há quase meia vida e nunca tive um emprego em Portugal, por isso não tenho nada mais para comparar, acredito que haja patrões bons e justos em Portugal, eu é que nunca me cruzei com eles.

 

Mas depois penso, que se não fosse tão ambiciosa, estaria aí por terras Lusas, perto das pessoas que mais gosto no mundo... e não aqui, sozinha. Provavelmente sem curso, e com um trabalho de merda e em pulgas para 'saltar pela janela' ...

... ou quem saiba talvez não.

 

O tempo passa num instante, e estes anos embora tenham sido bem duros (ao contrário do que muitos pensam) passaram a correr... e embora sinta uma solidão diferente da que senti nas primeiras temporadas em Cardiff, e a vida ocupe o corpo e a mente, ainda tenho alturas como as de agora... em que odeio ser teimosa, casmurra, persistente, ambiciosa, pois acho que tornaria a minha vida muito mais fácil e com muitas menos chatices.

Talvez dê numa de semi-Freud :) por ter crescido a ver os meus pais a lutar por tudo o que pouco tinhamos, possa dizer que se calhar em parte a culpa é deles... e tenho que agradecer-lhes pois graças a isso sou desenrrascada e não desisto após encontrar o primeiro obstáculo (e todos os outros que o seguem).

... mas às vezes sinto que estou a gastar os melhores anos da minha vida a sacrificá-los, e que por mais que lute, nunca chegarei a lado nenhum.

 

Enfim, acho que chega de lamechices que isto nem parece ser coisa minha. 
Mas  hoje deu-me para este lado, e visto ser uma data com algum significado para mim decidi partilhar o que me vai na alma.

 

Basicamente, e para acabar isto de maneira menos introspectiva....

 

Hoje faz anos que sou emigrante a sério(*)!!!

E para comemorar tal evento, vou pegar no meu CD de Amália e andar a tocá-lo em altos berros enquanto conduzo nesta terra de loucos, intercalando com as buzinadelas características do condutor tuga, com um cachecol e uma bandeira Portuguesa a esvoaçar, enquanto apanho com neve nos cornos!

 


 

(*) emigrante a sério, porque quando fui com os meus pais para o Canadá era novita, e não tive oportunidade de ser emigras a 100%!

 

 

Acho que vou mas é fazer um bolo que não tenho sono nenhum!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031