Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A trabalheira que é o Natal

Quarta-feira, 23.12.09

Está decidido... o Natal é uma trabalheira. Ou é isso ou este ano não estou mesmo com espírito Natalício nenhum... e o pouco que tinha ficou no chão do aeroporto onde acampei por mais horas do que aquelas que queria.

 

Irra que desta vez foi difícil chegar a Portugal... e por momentos vi a minha a andar para trás e já estava a ver que não comia bacalhau pelo Natal. Felizmente, após muito stress, uma vontade brutal de dar uma joelhada nos tomates do Stelios, consegui arranjar uma solução e cá estou eu na terrinha.

 

Não vou relatar todas as peripécias que me aconteceram pois agora que cá estou, já deixei de ver vermelho e estou mais calma, mas faço um apanhado. Já agora, peço desculpa a quem me segue no facebook ou no twitter pela quantidade de updates que fiz na altura.

 

Enfim... 

 

A noite até não começou mal, era uma da manhã e o Sebastian e a Wen estavam à minha porta para me dar boleia. O Sebastian (que é cunhado da Wen) ía-nos levar até ao aeroporto, por coincidência o meu check-in era às 4 da manhã em Gatwick, e o da Wen era às 5 em Heathrow. Como passaram o dia a avisar que ia cair um nevão à noite, decidimos abalar com tempo nas calmas... e ainda bem que o fizemos.

 

Em menos de uma hora de viagem, começa a nevar de levinho... bonito, né? Pois, ao fim de 10 minutos a nevinha virou blizzard... que nem os camiões de sal/grit davam conta do recado. 

 

 

 

 

 

O Sebas coitado ia 'cagando tijolos' mas chegou-se bem e a tempo.

 

 

 

 

 

Comparado com o Canadá, esta nevezita não é nada... mas para estes lados da Inglaterra, esta malta entra em pânico. Como a quantidade esperada de neve por ano não justifica as autoridades locais abastecerem-se com sal ou o tal grit manhoso, só as auto-estradas (e mesmo assim só uma faixa ou duas) é que têm direito a serem borrifadas... e depois é o que se vê nas notícias.

 

Lá cheguei ao aeroporto, fiz o check-in num instante, pois muita gente provavelmente ficou presa na estrada e a fila estava pequena. 

Assim que passei para o lado de lá, após revistarem-me e as coisas do costume, deu logo para ver que ia ser um dia longo... quatro voos já tinham sido cancelados e aquela pista estava demasiado branca para o meu gosto.

 

 

E a neve não parava de cair, e o vento também não acalmava.

 

Eram 4:30 e lá marchou um bacon roll e um cappuccino.

 

 

Como ainda não tinha dormido nada e depois de comer é normal dar-me soninho. Espojei-me na alcatifa, mesmo em frente a um dos monitores de informações. A gate só abria às 5:55, por isso lá fechei os olhitos....

Era 6:15, a gate passou só a abrir às 7:20... 

Era 7:20, e lá fora estava assim... entretanto mais voos estavam a ser cancelados.

 

 

Nada promissor... depois das 7:20, o painel deixou de dizer horas e para esperar...

Faltavam poucos minutos para as oito e todos os voos da easyjet previstos para antes das 11 horas cancelados... uma rajada de 23 voos, para UMA pessoa no balcão de informações.

 

E o stress começou... e a zona foi reforçada com seguranças, e acredito que uma das razões foi pela crew que ia para o Funchal lol. 

Eu por uma certa altura até tive pena do homem da easyjet, pois não era culpa dele estar ali sozinho e não dar despacho a ninguém. A culpa foi da companhia que prefere pagar reembolsos a gastar mais dinheiro por um novo slot.

 

O que mais irritou ainda foi que para tentar arranjar lugar no voo seguinte, teve que ser tudo pela internet... nem número de telefone, nem balcão de atendimento... nada.

 

Lá liguei à Maria para me socorrer... e foi impressionante, todos os voos de Gatwick para Faro ficaram cheios em coisa de 10 minutos. Era a Maria a reservar o voo, e a página a actualizar a dizer que já não havia voos disponíveis. Após 5 companhias aéreas diferentes, a esperança estava a morrer... e Portugal parecia cada vez mais longe. A solução seria esperar até dia 23... mas eu não me conformei! Lá fiz a Maria dar ao dedo novamente até que apareceu um voo de Stansted pela Ryanair para as sete da manhã do dia a seguir, só com 15 lugares vagos e um preço exorbitante. Por esta altura estava por tudo, e assim que este apareceu foi reservar imediatamente! 

 

A Maria salvou-me o coiro... e senão fosse ela ter servido de PA eu estava bem lixadinha.

 

O maior obstáculo foi ultrapassado... agora só era preciso arranjar maneira de ir para Stansted. Arranjei um bilhete de autocarro e após uma espera de uma hora ao frio à neve (sim, porque o autocarro abalava assim que enchesse... e a quantidade de pessoas naquela fila enchia pelo menos uns cinco expressos da Renex!!!), lá consegui um lugar no autocarro.

 

 

 

 

 

(Heathrow)

 

 

 

A trajectória foi: Gatwick, Heathrow Terminal 5, Heathrow Central, Stansted. A viagem só demorou 4 horas....

 

Cheguei a Stansted, com planos de acampar algures no aeroporto... pois, mas bancos que é deles? Até mal havia lugar no chão para espojar-me... mesmo assim ainda resisti algum tempo, mas a dor de cabeça que tinha começou a chatear-me seriamente, e os meus pés gelados e o rabiosque criogenizado mandavam mensagens à minha mente...

 

...vai procurar um quarto num B&B

 

...vai procurar um quarto num B&B

...VAI PROCURAR UM QUARTO PORRA!!!
 
E prontos, lá fui eu ver o que se arranjava... e HOLY SHIT.
Esquece o B&B... tudo estava cheio, os hoteis mais baratos estavam sem quartos disponiveis, e o mais barato era o Hilton >_>
Digamos que foi bastante doloroso entregar o cartão para pagar £80 por uma noite, e que estava a rezando para que ainda tivesse dinheiro na conta. O alívio quando o recibo sai da maquineta... ui, sensação boa. 
 
Só depois é que me apercebi que não comia há cerca de 12 horas... e que não dormia nada de jeito há 31 horas (sim, que as sestas no aeroporto aquilo é olho no burro, no cigano e na mala!!!)
O pensamento de estar a uma viagem de shuttle até uma cama a sério deu-me forças para ir ao Burger King e compar um Whopper para levar para o quarto.
 
Demorei 24 anos para ficar hospedada num Hilton... sou uma priveligiada! Mas para ser sincera eu contentava-me com um divã por cima de um restaurante indiano.
E por mais limpinho que o quarto estivesse... por aquele preço estava à espera de algo muito mais luxuoso, lol.
 
 
 
 
Hmmm, nada como água del cano!
 
 
A vista do quarto:
 
 
As minhas companheiras de viagem desde 2003:
 
 

 

Hmmm... chuveirada, caminha lavada e:

 

 

PAPAROCA!

 

Falando em paparoca, apresento aqui a baguette mais cara que me entrou na boca...

 

 
Dava para ter comido um belo bife estivesse eu noutra tasca.
 
Depois do jantar, dormi... ou tentei, pois de 10 em 10 minutos acordava. O que foi estúpido pois estava cansada, mas a minha cabeça não parava e eu estava preocupada. 
 
As horas demoraram a passar... mas eram quatro da manhã e já estava com as malas prontas para voltar para a guerra. No entranto, aproveitei e tomei o pequeno-almoço cortesia do hotel.
 
 
Um café com leite, e um biscoitinho... nem pensar que ia pagar £14 pelo pequeno-almoço.
 
Foi a primeira vez que vi um tabuleiro com cafeteira... não está mal pensado.
 
 
Só fazia figas para este voo não ser cancelado... porque o tempo parecia estar na mesma.
 
 
Uma árvore de Natal toda pipi, mas que não ficou nada de jeito na foto.
 
 
Quando cheguei ao aeroporto, era o caos no check-in... saliento que aquilo era praticamente fila única... >_>
 
 
Conheci a Sara de Tavira, que tal como eu está para lá desterrada, e fizemos companhia uma à outra durante esta espera infinita e durante o voo.
 
O avião levantou bastante atrasado mas não houve crise... tudo menos ser cancelado!!!
 
E foi assim... ao fim de 36 horas cheguei, estafada... mas de boa saúde!
 
E ainda bem que não comprei prendas para o Natal para ninguém (não tive tempo... mas pode ter sido um sinal (?))... pois nessas 36 horas queimei quase um ordenado!!!
 
 
Caso não poste aqui mais nada é favor passarem um Bom Natal!
 
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

LDN IV

Sexta-feira, 04.12.09

Tomamos o pequeno-almoço no B&B, mochila à costas, check-out e tube come ela!

 

O destino: Camden.

 

Já tinha ido lá com a Zu, mas só desta vez é que deu para vasculhar a coisa como deve de ser... barracas atrás de barracas, lojas atrás de lojas, que não fazia ideia da sua existência. É um autêntico labirinto, muita variedade sem dúvida, lojas únicas no mundo, mas a maioria com muito do mesmo. 

 

Como a Maria nunca tinha lá ido, achamos boa ideia dar lá um pulinho. Chegamos bem cedo, os feirantes ainda estavam a descarregar as carrinhas e as lojas ainda estavam fechadas, mas não houve problema que fomos até ao Starbucks para aquecer. Estava frio, e o sol bem tentava dar ares de sua graça... mas a malvada da chuva venceu mais uma vez, e em menos de nada começou a chuver... non-stop.

 

E aqui vão as fotos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em menos de nada, as ruas encheram de gente.

 

 

 

Camden Lock

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma barraquinha de Takoyaki!!!

 

 

Nunca vi tanta variedade de donuts na mesma barraca!

 

 

Tempo horroroso.

 

 

 

Os antigos estábulos, que virou mercado. 

 

 

 

Cyberdog... uma loja do espaço! Paragem obrigatória!

 

 

Almoçamos, e fomos até Hyde Park que tinhamos lido no jornal que havia para lá qualquer coisa.

 

Winter Wonderland!!!

 

Logo à entrada deparamo-nos com isto:

 

 

A Maria adorou! Eu cá gramei a boca sincronizada.

 

E isto este ano foi o meu equivalente da Feira Franca lá em Lagos:

 

 

 

 

O ringue de gelo alagado por causa da chuva.

 

 

 

Achei a ideia genial... um HUMAN SNOW GLOBE!!! Epá, lindo.

 

 

 

 

Não, não é o London Eye.

 

 

 

Uma drop-tower estupidamente alta.

 

 

 

 

 

Depois de sermos invadidas pelo cheiro a cachorros e a mould wine, como estavamos perto do Marble Arch, lá fomos nós. Ainda estavam lá umas coroas de papoilas o 'Remembrance Day' (ou Dia do Armistício) tinha sido há uma semana e piques.

 

 

 

A papoila é simbólica porque é comum flurescer nos ex-campos de guerra, e a cor vermelha representa o sangue derramado. As papoilas só crescem quando as suas sementes e o solo são perturbados (por exemplo, escavar buracos, corpos em decomposição, etc.) até lá, estão 'dormentes' e sem mudanças na terra não germinam.

 

E aqui está o arco!

 

 

Lá demos mais umas passadas e fomos ver se a rainha estava em casa.

 

 

Adoro parques!!!

 

 

Bem... a bandeira lá estava bem alta mas era só a Union Jack, a bandeira real não estava lá por isso a rainha estava no laréu.

 

 

 

Os guardas... mas não os com bearskins na tola.

 

 

 

 

 

Embora fosse ainda cedo... já estava a ficar escuro. Ainda tinhamos um comboio para apanhar... Tube ca gente, e em cerca de meia hora já estavamos no comboio em Waterloo prontas a voltar cá p'ra baixo.

 

Como as criancinhas aborrecem-se quando não têm nada para fazer... passamos a viagem a fazer corninhos uma à outra com o gorro....

 

 

 

 

 

 

Passou num instante. Em menos de nada estavamos em Salisbury, na casa do Shane para ir buscar o carro e conduzir até Bournemouth. Mas como estavamos com fome, achamos boa ideia encomendar uma pizza... mas como telefonar dá muito trabalho, mandámos vir a pizza pela net.

 

 

 

 

Potato wedges para entrada e ainda tivemos direito a um tubo de gelado à borla.

 

 

 

A Pizza estava podre de boa, não sobrou nem uma migalha.

 

Depois do pandulo cheio, lá fomos no popó até casa.

 

E foi assim o primeiro fim-de-semana em Londres com a Maria... e embora o tempo tenha estado merdoso, passamos um belo bocado e ficamos com vontade de repetir a coisa em breve. Até lá, trabalho, uni e outras coisas aborrecidas... 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

LDN III

Segunda-feira, 30.11.09

Tal como disse, eu e a Maria fomos ver o Rei Leão... e como já se sabe tirar fotos destas coisas não é lá muito boa ideia, mas ainda consegui tirar uma foto ao palco antes de começar.

 

 

O Lyceum Theatre é vertiginosamente inclinado. Ficamos na fila do topo, tínhamos binóculos à disposição, mas via-se bem... devido à inclinação em pique, não houve cabeça nenhuma a me chatear.

Estava a abarrotar, só vi duas cadeiras livres... as vezes que me veio à cabeça, e se esta porra for toda a baixo... e se eu tropeçar e rebolar? É que ia direitinha para a cabine da banda... que de tão alta que estava via na perfeição.

 

 

Bebemos um slush puppy, dos a sério... e paguei £2.40 por uma garrafinha de água, a mais cara que já comprei até hoje. 

 

 

Foi um espectáculo, recomendo! 

 

Depois do teatro, fomos o caminho todo a cantar feitas malucas >_> entramos no tube e lá fomos até Golders Green, onde arranjamos o quartinho num B&B baratuxo (para Londres).

 

As fotos fazem parecer o quarto tão melhor...

 

 

 

Já sabiamos que não ia ser nenhum palácio... mas toda a casa era bem velhota, os corredores estavam forrados com carpete castanha (sim, portas e paredes também). Os canos e os aquecedores faziam um barulho do caraças.

E pensam que havia recepção para nos receber calorosamente? LOL, nops. As chaves estavam num vaso de flores dentro de um envelope com o meu nome, tal como me tinham dito pelo telefone.

Mas estava tudo limpinho (para os standards de cá) e o staff era nice.

 

 

 

Umas manchas manhosas na carpete... não se andou descalsos por lá, blargh.

 

 

Umas quantas rachas na parede e papel de parede rasgado.

 

 

A sanita e a banheira estavam bem limpinhas e a casa de banho cheirava bem... mas o chão (que era daquele plástico a imitar azulejo), tinha uma roda amarela à volta da sanita que mostra que os clientes dos anos anteriores não tinham lá muita pontaria.

 

 

Aqueles rebicoques amarelos partem tudo!

 

Enfim... foi só por uma noite e por sabermos isso não ficamos numa coisa melhor, mas uma coisa garanto, um sítio destes não estava aberto ao público no Algarve.

Mas a sério, não pensem que sou uma princesa, mas as fotos tornam o quarto jeitoso... e não era.

 

Depois de deixar as mochilas, e como estavamos com fomeca, fomos a um buffet lá ao lado, parecia ser chinês/tailandês ... e era... só que era vegetariano, e não é que tenha alguma coisa contra tofu e soja hidratada... mas num all you can eat, terem uma variedade de 3 pratos, epá... eu e a Maria ficamos mesmo desapontadas com aquilo, e ficamos tão arrependidas por não termos ido ao Italiano fino ao lado (já que tinhamos poupado dinheiro no quarto... mas como somos unhas de fome e andamos sempre tesas >_> para a próxima já se sabe!)

 

Desconsoladas com o jantar, lá nos enfiamos no tube... a chuva não nos parou e lá fomos continuar o passeio. Saímos em Piccadilly Circus.

 

 

 

 

 

 

 

Mesmo de noite, e a chover a potes, que quantidade brutal de gente na rua... tudo nas suas compras de natal.

 

As decorações de Natal já bombavam.

 

 

 

Isa, Apple Store!

 

 

A árvore de Natal da Beneton estava tão gira, com camisolinhas em vez de bolas!!!

 

 

 

Andámos até Oxford Circus, sempre à chuva.

 

 

As department stores todas enfeitadas.

 

 

 

E há lá melhor coisa para vencer o frio?

 

 

Depois fomos para o 'semi-quentinho' do quarto, nanar... 

 

Próximo post, e para terminar a saga de Londres... Camden.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

LDN II

Segunda-feira, 30.11.09

Acabei o meu relatório para entregar amanhã, já comi e tenho um tempinho para queimar até ir trabalhar. Esta noite quem canta é o David Essex, o que significa que vou trabalhar com cheiro de Tena Lady ensopada a noite inteira, mas eu como até gosto de velhotas e velhotes não faz mal.

 

Continuando...

 

Eu e a Maria fomos ao Madame Tussauds pela primeira vez, como fomos para Londres de comboio, imprimiu-se uns vouchers que apresentando juntamente com os bilhetes, paga-se 1 entram 2... uma pechincha! (Aqui explica a coisa melhor).

 

Sentimo-nos que nem umas autênticas turistas, eheh. Aquilo estava cheio de italianos e espanhóis, esperamos uns 20 minutos na bilheteira, mas passou-se bem e valeu a pena.

 

Fotos com ela! (Muitas delas estão uma bosta porque andava tudo aos encontrões e a foto teve que ser tirada em tempo recorde pois a malta não parava de se por à frente).

 

 

Tara Palmer-Tomkinson, que é uma 'it-girl' daqui. Suponho que uma 'it-girl' seja o que aí se chama de 'socialité' aka aquele género de pessoas do jet-set que nunca fizeram nada na vida mas são famosos devido aos pais/maridos etc....

 

 

Kate Moss.

 

 

Jean-Paul Gaultier e Naomi Campbell.

 

 

Elle Macpherson.

 

 

Jonathan Ross. 

 

 

Sim... a nova aquisição dos X-Men... eu! (Ou então tirado quando a Enterprise me deu boleia para a escola!)

*bows* adoro o Patrick Stewart!!!

 

 

Mel Gibson e Will Smith.

 

 

Jantei com o George Clooney.

 

 

Nicole Kidman e Johnny Depp.

 

 

 

JT stands for jeitoso! 

 

 

Só vejo uma razão para estes dois estarem juntos... O Travolta pilotava aviões no Olha Quem Fala... e o Samuel andou à porrada com cobras no Snakes on a Plane... só pode!

 

 

 

Na minha opinião, o Morgan Freeman foi dos mais realistas que lá estava... nunca tive com ele ao vivo, mas parece ser tal e qual!

 

 

Shirley Bassey & Tom Jones

 

 

A sex bomb lá do sítio.

 

 

 

Epá... mal o conheci sem orelhas d'elfo! lol

 

 

Posh & Becks.

 

 

 

Brangelina.

 

 

Julia Roberts.

 

 

Tom Cruise.

 

 

A Rainha...

 

 

... do Pop. A outra já vem.

 

 

O HULK!!! Fujem!!!!!

 

 

"Ó Hulk, porque é que tens umas bolas tão grandes?"
"É para te... "

Prontos, a gente já sabe...

 

 

Oh não!!! Maria!!! NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

 

 

Hello Spidey... meet me tongue!

 

 

Whoopi Goldberg.

 

 

 

 

Pelos vistos houve para lá uma mini-convenção de Bonds.

 

 

Gostava de saber porque é que meteram uma glass ball gigante atrás do Indy... a gente já sabe que ele não é nada do disco.

 

 

Epá... não sei quem é que é mais ogre, se o Shrek, se o puto. lol *evil bitch*

 

 

Epá... o gingerbread man estava um espectáculo.

 

 

Isto quer dizer que também consigo governar a Califórnia, não?

 

 

Mourinho és o orgulho da nação pá... deves ser o único tuga no Tussauds.

 

 

 

O Beckham de novo.

 

 

O Rooney que é mesmo assim... feio.

 

 

O Pelé.

 

Estava para lá uma baliza, que quem chutasse a bola e acertasse no alvo candidatava-se a ganhar uma t-shirt autografada de um clube qualquer... e então não é que eu chutei e POW! Se a ganhar a t-shirt ponho-a na e-bay!

 

 

O Hamilton.

 

 

E é assim que a nova modalidade de 2012 (pintura acrobática) vai ser apresentada... 

 

 

Não é preciso apresentações.

 

 

Henry VIII, que cortou a cabeça a duas das suas seis mulheres.

 

 

Er.... nem comento.

 

 

A fantasia de muitas raparigas... pena que esteja a ficar careca tão novito, coitado.

 

 

 A rainha e o nosso membro favorito da família real... o Phillip!

 

 

A Rainha mãe.

 

 

 

Os culpados de tanta gente chumbar na escola!

 

 

Stephen Hawking

 

 

O ex-Papa.

 

 

Dalai Lama.

 

 

Jimi Hendrix

 

 

The Beatles.

 

 

A Kylie.

 

 

Eu e o Rei... e a Maria tem que levar com um treino intensivo de 'não-tremer-mão'.

 

 

 

O Robbie.

 

 

A Leona... não faço a mínima porque é que o Theme do FFXIII é uma música dela >_>

 

 

A Amy, que embora seja uma carocha e seja uma marada de primeira, eu gramo à brava das músicas e da voz dela.

 

 

A Britney, na altura em que tentava cantar e não fazia só sons e respirações ofegantes.

 

 

As ancas da Beyoncé.

 

 

O poder do Freddie.

 

 

Bob Marley

 

 

O homem que me dá televisão em casa.

 

 

O Tóni.

 

 

A Maggie Thatcher.

 

 

O porreiro do Boris.

 

 

A minha impersonificação do Bush, ele não me parece muito impressionado.

 

 

Martin Luther King Jr.

 

 

JFK

 

 

Gandhi

 

 

Benazir Bhutto

 

E agora uns quantos mauzões à mistura.

 

 

 

 

Mas não é problema, que o Obama trata-lhes já da saúde.

 

 

Ou o Napoleão...

 

 

Depois fomos até à camara de horrores... onde a Maria fartou-se de gritar com os manhos que estavam para lá a assustar o pessoal.

 

 

 

 

 

Para desanuviar, apanhamos com o Ant e o Dec... e ainda cantámos para o Simon, mas ele não gostou lá muito.

 

 

 

Por esta altura já estavamos à pressa para ir para o teatro, pois durante os fins-de-semana eles têm a mania de fechar umas quantas linhas do tube para 'obras/manutenção' chamem-lhe o que quiserem... neste fim-de-semana estavam 3 linhas fechadas e das que estavam a funcionar uma data de paragens não estava operacional... as voltas que se teve de dar, ui.

 

Bolas que isto foi longo... e ainda falta tanto para contar x_x

Amanhã há mais!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

LDN I

Sábado, 28.11.09

Isto já está ficando para o tardote... mas não tenho sono nenhum e estou com a pica toda!

 

Trabalhei até às 23h, nada mau, esta noite os Motörhead deram concerto lá na tasca... não foi muita gente, só 800, mas o tipo de público não tem nada a ver... fossem todas as noites assim! A maioria malta nos seus 40-50s, tudo vestido a rigor com camisolas e t-shirts da banda, tudo a beber a potes mas sem armar zaragata. Ace of Spades pá... enfim, vim a correr a passos largos até ao carro que estava a chover (como é norma assim que saio do trabalho, vá esgarrão), cheguei a casa e agarrei-me ao relatório com unhas e dentes.

Já está quase tudo feito, o que é bem bom pois a deadline é já 2ª-feira... mas tenho andado às aranhas com aquilo. Daí o post de Londres ter demorado tanto tempo a sair do forno... isto conciliar uni, trabalho, deixa muito pouco tempo para tudo o resto, e só para terem uma ideia do quão enrascada tenho andado, não toco nos jogos do facebook há mais de uma semana!!!

 

Enfim estou p'ráqui a divagar, vamos mas é passar ao que interessa... LONDRES.

 

Pois, passado Sábado qualquer coisa como 4 da matina, lá fui eu mais a Maria a caminho da capital. Como a gasolina está mais cara que as trufas, eu e a Maria fizemos contas à vida e fomos de comboio... mas fomos de Salisbury, que ir de Bournemouth era mais caro, mais longo, tenhamos que trocar de comboio, etc. Como o Shane (ou Xano como o Ângelo sugeriu e muito bem) vive perto da estação em Salisbury, juntou-se o útil ao agradável e estacionou-se o popó à porta dele e lá fomos nós de mochila às costas todas contentes.

 

 

A Maria não deixou que eu lhe tirasse uma foto a estas horas da manhã... A viagem demorou cerca de 1h30m, coisa pouca. Passou num instante e até foi bom. Comboio é tão melhor que autocarro!!! Onde é que esta gente tem a cabeça quando se mete no autocarro?

 

 

O 'outdoor' gigante da Uniqlo... eu e a Uniqlo temos uma relação interessante, especialmente depois da Hiko ter feito o projecto de mestrado acerca da marca... enfim *shrugs*

 

 

Waterloo station... que mais parece um aeroporto.

 

Fomos direitinhas para o TADA.... UNDERGROUND!!!!

 

 

 

Chegamos cedo e a más horas... à excepção de breakfast cafés e starbucks, pouca coisa estava aberta. Como estávamos com fomeca, decidimos tomar um pequeno almoço numa casa de sandes/bagels/ciabattas/tudo e mais alguma coisa em Leicester Square... e que novidade foi ouvir a Língua Portuguesa do outro lado do balcão? lol
Portugueses em Londres, são mais que as mães.

 

Comi uma bagel de sésamo tostada com peru, bacon e salada e uma meia de leite, a Maria escolheu um full english breakfast com tudo a que tinha direito... e se há coisa que a gente somos bons é nos comes! Nota-se logo quando as coisas são feitas cá pelos nossos! Estava muito muito bom! Ainda dei dois palmos de conversa para desenferrujar e estava tão entretida que nem tirei fotos ao pequeno-almoço, onde é que isto já se viu??

 

Entretanto decidimos fazer tempo até que as bilheteiras para os teatros abrissem... 

 

 

 

 

O square está rodeado de cinemas... até me admira não estarem pitas a acampar ao lado do poster do New Moon. Sinceramente não entendo esta febre de Twilight... embora ache melhor que a febre de Tokyo Hotel... mesmo assim, venha o diabo e escolha porra!

 

As bilheteiras abriram... e após várias tentativas para arranjar bilhetes a preços acessíveis para a matiné, nós já estávamos por tudo. Les Mis ficou para a próxima e acabámos por comprar bilhetes para o Rei Leão, estava oficialmente em pulgas... sim, porque vir ao West End e não ver show nenhum é o mesmo que ir à calista e não tirar calos.

 

Convent Garden era logo ali ao lado, então caminhamos. Cruzei-me com isto:

 

 

Atenção ao pormenor:

 

 

Genial... Maya, já sabes. Se a vida te der para o torto, arranja uma Ford Transit (ou equivalente) e 'prontes' 'tás safa!

 

 

Vejam-me esta passagem que liga dois prédios!

 

 

Um Rodolfo gigante à porta do Christmas market em Covent Garden!

 

 

Esta gente tem uma grande panca pelo Natal não haja dúvida.

 

 

Bem giro.

 

 

E quem corre por gosto não cansa... mesmo com chuva e cedo de manhã, com pouca gente na rua, lá estava um animador de rua. No outro dia ouvi dizer que há licenciaturas em circo, trapézio e afins... o que é que eu estou para aqui a dizer, a minha uni tem uma em surf!!!

 

 

 

 

Enfiamo-nos no tube novamente, gosto do tube!!!! Pena eles serem cornos e fecharem uma data de linhas nos fins-de-semana... cornos.

 

 

Bem... o portátil está a ficar sem bateria, e isto já está longo. 
Amanhã posto mais.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031





comentários recentes

  • Videl

    Foi bom, mas teria sido melhor se lá tivesses tamb...

  • Videl

    Magrinha como és, deves caber na maleta :P

  • Videl

    Devias ter vergonha!

  • Videl

    Eu e a Maria queriamos ir passear há 5 anos... mas...

  • Videl

    1. Sabes, eu até fiquei bastante surpreendida... p...



subscrever feeds