Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


City Break 1.3

Domingo, 28.03.10

Tenho andado sem tempo nenhum, mas que vida de doidos! Se aquelas semanas em Janeiro/Fevereiro foram más... estas não ficaram nada atrás.

 

Embora bem atrasado, ainda tenho que transcrever coisas do meu travel log suiço.  Como eu gosto de acabar as coisas que começo, aqui vai.

 

 

 

---

 

23 Fevereiro 2010

 

Hoje acordei e lá fora estava assim.

 

 

 

 

 

 

Pelos vistos, nem aqui tenho tréguas da chuva.

 

Tínhamos nos planos uma rota com algumas paragens pelo meio para 'cachar', mas o tempo estava mesmo uma real cagada. Fez-se o mesmo passeio, mas quase na sua totalidade de carro.

 

A rota que se fez foi mais ou menos isto:

 

 

 

 

Aqui ficam algumas fotos tiradas dentro do carro.

 

 

 

Uma carrinha da Lusso, que nas minhas bandas chama-se Walls, e por aí Olá.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ainda filmei enquanto subiamos uns montes.

 

 

Vista bem bonita, não acham?

 

Andamos por terrenos onde duvido que muitos suiços tenham posto os pés.

Estradas estreitas, subias e descidas a pique... enfim.

 

 

 

 

 

Em Saint Ulsane fiz uma cache e como a chuva tinha acalmado, lá demos uma volta pela vila.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Santo que deu nome à vila.

 

 

 

 

O rio que se vê nestas fostos chama-se Doubs.

 

 

 

 

 

 

Fazem aqui muitas feiras mediavais e as ruas ainda estavam cheias de confetti do carnaval (mas será que é só na Inglaterra que não se comemora o carnaval... não é pelo carnaval em si, mas um feriado extra não fazia mal nenhum. Temos tão poucos!)

 

 

 

 

 

Gostei do pormenor do talho dizer talho, da leitaria dizer leitaria, etc...

 

Depois começou a chuver a sério e fomos recambiados para o carro.

 

 

O chu-chu a passar a ponte.

 

Passamos por Delémont e depois fomos a um "centro comercial" que tinha lá um supermercado com uma secção portuguesa com montes de coisas (como muitos supermercados espalhados pela Suiça). O Raminhos andava à caça de guaraná, eu entretanto babei lá com uma data de coisitas (EU QUERO UM SUPERMERCADO TUGA A SÉRIO ONDE EU VIVO!), seguimos marcha.

 

Fomos parar a Moutier que foi a primeira terra onde o Raminhos viveu quando ele veio para cá. Almoçamos no des Gorge, um belíssimo de um bife de cavalo assado na brasa com manteiga Café de Paris.

 

 

Mas que delícia!!! To die for!

 

Para desmoer fomos até ao Hospital onde ele trabalhou e ele pôs a conversa em dia com as ex-colegas de serviço.

 

Depois fomos a um bar-au-cin com um amigo dele, onde bebemos um copito (eheheh, chama-lhe copito!)

 

 

E fiquei felicíssima por saber que ainda há fans de DragonBall hardcore espalhados pelo mundo, olhem-me só a linda mochila! Foi a pessoa assim para o 'dodgy' falha-me o adjectivo em português, que vi na Suiça... o que acho bem estranho, visto eu viver rodeada de gente marada.

 

 

 

Mais umas fotos de Moutier.

 

 

 

 

 

Moutier, até à próxima!

 

A polícia ainda nos cumprimentou no caminho de volta, mas nada de sério, foi mesmo só para nos dizer olá.

 

Fez-se outra cache e toca a conduzir até Neuchâtel. Hoje passei por três cantões, Neuchâtel, Jura e Berne.

 

No cinema havia uma sessão de Avatar em 3D na versão original (a única sessão da semana, o único filme com versão original! filmes dobrados dispenso...). Filmes em versões originais aqui é coisa raríssima, está tudo dobrado em Francês. Depois admiram-se de não conseguirem falar Inglês decentemente.

 

Como o filme estava com legendas duplas, a linha de cima em francês a de baixo em alemão, pensei que me fosse causar confusão... mas nada disso. E ainda bem que eu consigo ler um bocado de francês, porque quando os Pandorianos grasnavam... safou-me.

O filme está visualmente bonito, e para ser sincera, de tão mal que ouvi falar da história do filme (or lack of it), esperava que estivesse MUITO pior.

Vê-se bem... acho que não o vou rever alguma vez no futuro, mas podia ter sido 100x pior. Afterall é um filme para agradar massas, há lá coisa melhor do que americanos a destruir coisas?

 

Não se fez muito o dia todo, mas sinto-me cansadinha. Acho que vou nanar cedo.

 

À demain!

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pulp Janta!

Sexta-feira, 16.10.09

Acho que já tinha dito aqui que Quarta-Feira é dia de filme. Não gosto de rotinas, mas no que toca a socializar - e como a vida anda - vejo necessidade em dedicar as Quarta-feiras ao 'socializanço'.

 

A diferença foi que nesta Quarta-Feira passada em vez de o grupo ter ido ao cinema, fizemos uma jantarada e filmarada na casa da Lisete, do Sebastian, da Wen e da Sukanya.

Fiquei encarregada pela entrada e prato principal, a Wen ficou tratou da sobremesa.

 

 

A Wen a cortar as maçãs para a tarte de maçã.

 

 

A Maria a cortar cenouras para as crudités.

 

 

 

*Sniff* malandras das cebolas!

 

 

 

Da esquerda para a direita, Lisete, Maria e Sukanya.

 

 

A mesa.

 

 

Uma saladinha cá das minhas.

 

 

O Sebas a ouvir o relato da bola com os seus headphones wireless... ficou todo contente pois a Espanha ganhou.

 

Não haviam cadeiras que chegassem por isso improvisou-se... esta mantinha é linda!

 

 

O Sebas coma sua linda t-shirt 'no more ugly furniture', p'ra dar boas vibes aqui a mim e à Maria, pois se a casa nova for para a frente não iremos mais ter ugly furniture!!! yay|

 

 

A Maria ficou de olhos fechados... como sempre!

 

 

Stroganoff the perú à minha maneira.

 

Papou-se tudo, tudinho!

 

 

Arrumou-se tudo num instantinho!

 

 

A Maria 2... gosh, o que eu não dava por uma máquina de lavar loiça!!!!!! Embora a cozinha seja grande, tecto alto, temos a sensação que estamos no campo... a máquina de lavar loiça na minha opinião é a estrela no meio daqueles specs todos! lol

 

 

Enquanto a Maria 2 trabalhava, fomos abancar no sofá para ver o filme... era para ter sido o Synecdoche, New York, mas como eu já tinha visto e tinhasse falado no Pulp Fiction, e a Maria nunca viu o Pulp Fiction!!! (sim, como é possível?!) Acabou-se por ver o Pulp Fiction... já não via há tanto tempo que me tinha esquecido do quanto gosto do filme.

 

Foi uma noite muito bem passada, para quem quiser aqui fica o menú da noite:

 

Entrada

Crudités com Houmous, Tzatziki e Nata Azeda (como raio se traduz sour cream?!)
Baguete com Manteiga
Salada cá das minhas ~ Buffalo Mozzarella, Abacate, Tomate, Maçã, Óregãos, Azeite e Vinagre Bálsamico ~

Prato Principal

Stroganoff de Perú à minha maneira!

Sobremesa

Tarte de Maçã acompanhada de natas frescas

Bebidas

Pinot Grigio

Água da torneira filtrada por Brita®

Sumos de fruta (laranja, maracujá e manga, banana e morango)

 

 

Hein? Que tal? :P ficou-nos tudo a £4.50 cada... nada mal!

 

 

 

Bem, hoje já não tenho mais ninguém a ver-me a casa... por isso vou comer caril! Estive este tempo todo à espera para comer porque não queria infestar a casa com o cheiro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda sou do tempo...

Quinta-feira, 09.07.09

... em que os óculos que davam no cinema 3D eram de papel.

 

Há anos... ou será já uma década, que não ia ver um filme em 3D. Fui ver o Ice Age 3 ao Odeon, e agora já entendi a razão dos bilhetes serem £2 mais caros... é que nos dão uns óculos todos stylish! De qualquer maneira, a Nat está metida numa petição qualquer para deixarem de cobrar o dinheiro extra se trouxermos os óculos connosco, o que tem alguma lógica.

 

 

 

 

É só estilo... wow!

 

 

E sim, lá atrás está o 'Homem da casa'... o Disco Stu!

 

 

 

O Stu vai connosco para todo o lado... já o tínhamos na outra casa, quando éramos 8. Eis umas quantas fotos...

 

 

 

Levávamos o Stu prás noitadas e tudo...

 

 

 

O Stu é um garanhão...

 

 

 

Ahhh.... bons tempos! Já agora... as fotos são do Halloween de 2007 (e festa de anos da Mikie), onde apanhamos uma grande tosga com skittle vodka.

 

 

 

Após 6 dias de fermentação... digamos que é letal!

 

E mudando o assunto novamente, aqui vai outra publicidade a que eu acho piada:

 

 

 

 

Por agora é tudo!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 13:57

E no rudetube desta semana...

Quarta-feira, 01.07.09

Vi isto no rudetube...  e aposto que tal como eu, de vez em quando lhes apetece fazer o mesmo a este telemarketing abusivo... e eu pensava que em Portugal era demais, pois aqui é muito pior!!! (Para não falar que ou são máquinas a falar, ou indianos a ligar da Índia com um Inglês horrendo).

 

 

 

 

Mas no meio de tantos feridos e coisas absolutamente estúpidas, o rudetube também mostrou isto, que é no mínimo impressionante.

 

 

 

 

Está um calor húmido horrendo... estes >20ºC graus estão-me a matar!!! (E estas traças prostitutas de luz estão-me a tirar do sério, argh!)

 

Btw, vi o Batman Begins (finalmente!!) agora tenho que ver os outros asap! Sabiam que o Bale cresceu em Bournemouth? :D

 

Bem... está a dar Poker na tv, por isso acho que é tempo de:

a) zapping

b) roller coaster tycoon

c) ZZZzzzZzz

Autoria e outros dados (tags, etc)

Encounters at the End of the World

Domingo, 21.06.09

A melhor parte de entrar às 6:30 da manhã ou a outras horas aberrantes, é que normalmente sai-se mais cedo do trabalho... foi o caso da passada sexta-feira, onde saí a horas 'normais' e embora não seja quarta-feira, foi-se à Lighthouse em Poole. Fica mais longe, e não aceita 'Orange 241' às Quartas... mas o cinema é mais barato, mais acolhedor e passa filmes alternativos que normalmente não passam nos multiplexes.

 

Se gostam de documentários, recomendo:

 

 

(Cópia do panfleto da Lighthouse - Poole)

 

 

Encounters At The End Of The World (U)
Director: Werner Herzog
CAN/USA/UJ 2008. 101 MINS. DOCUMENTARY
Starring: Werner Herzog, Scott Rowland, Stefan Pashov

One thousand men and women live together under unbelievably close quarters in Antarctica, risking their lives and sanity in search of cutting-edge science. Now, for the first time, an outsider has been admitted. In his first documentary since Grizzly Man, Werner Herzog travelled to Antarctica and gained rare access to the raw beauty and humanity of the area.

 

 

 

O bilhete!

 

 

Senti-me pequenina e desinteressante... espero um dia encontrar algo que me faça trabalhar com tanta paixão, gosto, curiosidade.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 15:32

Red Cliff

Quarta-feira, 17.06.09

Quarta-Feira é dia de cinema, agradece-se à Orange (rede operadora de telemóveis) que há anos que oferece um bilhete de cinema de borla na compra de um. É muito simples basta enviar a palavra 'film' para o número 241, segundos depois recebe-se uma mensagem no telemóvel com um código, mostra-se na bilheteira e já está.

 

É o único dia em que o grupo vai ao cinema visto sair muito mais barato... um bilhete para estudante ronda as £5.95 (auch), a carteira agradece a chance da divisão de tal valor por dois. Guloseimas e bebidas trazem-se sempre à sucapa de casa, é ridiculo pagar £4 por 1 litro de cola, e £3 por pipocas! (Sim, somos uma cambada de agarrados!)

 

Quando o trabalho estava mais calmo, mesmo estando à rasca de trocos, sempre mas sempre se ia passar a quarta à noite no cinema e ver o tal filme da praxe. Hoje tive sorte, tive uma folga 'forçada' visto o carro precisar de fazer revisão e inspecção, e como a oficina não fica nas redondezas lá teve que ser... não me ralei muito, fazia-me falta o mini-descanso e passei uma noite agradavel.

 

Hoje o grupo ficou reduzido a dois, eu e a Nat. O resto da malta ficou a relaxar ou em casa a ver o 'Shooting Dogs' (que ainda não vi, mas dizem que é bom). Ela escolheu o filme e como já tinha visto 'The Hangover', e  'Red Cliff' recebeu boas críticas e coiso e tal lá fomos matar a curiosidade... o Hangover fica para a próxima.

 

Enfim, tenho que admitir que não estava com grandes espectativas para o filme... mas hey, John Woo, o filme chinês mais caro até à data... tinhamos que ver! E então não é que eu gostei!!!

No ínicio ia apanhando um enfarte quando a narrativa começou em Inglês... mas momentos depois o alívio de ouvir Mandarin lá fez passar o pânico... Não sei se aguentaria 3 horas de dobragem americana xunga.

O filme tem certas falhas, nomeadamente continuidade e o facto de ser um filme com meio, meio e fim... mas fora isso, para quem gosta do género é quase flawless.

 

É épico e tem estratégias de génio (a formação tortoise e o 'rouba flechas' estão um espectáculo!) Proporciona uma enorme dimensão das coisas e paisagens muito nices.

Também tem o 'gostoso' do Takeshi Kaneshiro XD.

 

Adorei a banda sonora e achei-a familiar. Não foi surpresa quando vi que foi Taro Iwashiro quem tratou dela... ele tratou também da OST de Azumi e o Ishin Shishi e no Requiem, um filme de Rurouni Kenshin, e também de Onimusha 2 (entre mais uma data de coisas que não conheço). Gostei do trabalho e do desempenho da Tokyo Metropolitan Symphony Orchestra... (tenho que ver a segunda série de Nodame Cantabile >_>) A ver se me cruzo com a OST algures :P

 

Senti durante o filme uma vontade brutal de chegar a casa e jogar Dynasty Warriors, Suikoden II e até Age of Empires... e houve alturas em que parecia que estava a jogar e a ver a história de um jogo e não um filme.

 

Não recomendo a toda a gente, mas se gostarem do género.. força!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031