Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Morfes

Quinta-feira, 23.07.09

Como eu sou uma pessoa estranha que tem o hábito de tirar fotos ao que come... aqui vão algumas das coisas que passaram pelo meu sistema digestivo a semana passada, terminando o seu passeio pela ETAR de Lagos, ou então pela Wessex Water.

 

A começar pela caracolada, com o maravilhoso pão com manteiga!!

 

 

 

Uma saladinha e um gaspacho... hmmm, fresquinho! Ideal para o Verão!

 

 

 

 

Obrigada a quem ofereceu a perna de javali ao meu pai...

 

 

 

 

Uma amostra de corneto... mal coube na cova do dente!

 

 

Uma picanha brasileira, com salada de tomate, pirão e batata frita aos cubos!

 

 

 

 

Maravilhosa feijoada!

 

 

 

Tremoços... coisa essencial nesta casa, juntamente com os pickles!

 

 

Nunca entenderei porque raio é tão difícil encontrar aqui iced tea sem ser de limão. Acreditem quando digo que isto NÃO é a terra dos chás, muito pelo contrário! (Tal aplica-se para chás quentes e frios!)

Escusado será dizer que encho a barriga disto cada vez que vou a casa!

 

 

Era tão bom que se vendesse vinho baratuxo aqui... mas o conceito de cozinhar com vinho aqui é inimaginável. Para esta malta, vinho é demasiado precioso para gastá-lo com comida... há que bebê-lo!
O mais rasca que se encontra aqui nunca custa menos do que £2.39, o que não é assim tão mau... mesmo assim está muito mais caro do que os pacotes em Portugal que nem chegam a custar €1... Adoro cozinhar com vinho (e sim, ponho-o na comida!!!!).

 

 

Adoro um frigorífico cheio de panelas! Tenho um vício em abrir o frigorífico e olhar, bisbilhotar... mesmo quando não tenho fome! Adoro abrir o frigorífico e apreciar... o meu frigorífico de cá é muito pequenito, e raramente está cheio de coisas boas que eu e a Maria atacamos os 'redons' desenfreadamente (redon = restos d'ontem versão gourmet).

 

 

E como ter preguiça em tempo de férias não é crime... lá fui uma vez ao Mac. Lá fiquei com mais dois copos da Coca-Cola para a colecção, e experimentei a 'M'... que até gostei, e um Flurry com Toblerone. O MacD's daqui consegue ser tão diferente do daí, eu sei que não há maneira de agradar a todos, e que os gostos diferem entre países... no entanto isso não explica a diferença de preços.

Achei tão caro!!! Um menu ultrapassa os €5, enquanto que aqui ronda as £3.49... não tem lógica fast food ser cara!

Acho que vou fazer uma petição para ver se começam a fazer batidos lá, e uma para porem mais salada nas hamburgeres de cá!

 

 

 

 

Comi outras coisas boas... mas não tirei fotos.

 

No entanto, já estou de volta à minha outra casinha...

 

 

 

... e não é por isso que deixei de comer coisas boas. A minha Maria é uma querida, e embora estivesse a fazer tarde/noite, preparou um 'welcome' caloroso.

 

Não só tinha o bebé à minha espera:

 

 

 

 

Temos por hábito pregar cagaiços uma à outra com o 'baby'...

Mas para além das boas vindas por parte da criatura de olhos azuis, também tive direito a uma nota com um grande 'Welcome Home', e um tacho de bulgur e keftedes.

 

 

 

 

Digam lá se não parecem pastéis de bacalhau??? Mas não são... são feito de carne de porco picada e batata ralada. Sabem muito bem! Eu não sei se já disse mas os pais da Maria são do Chipre (parte Grega), daí ela não ser uma inglesa comum... não só fala grego, mas também gosta de experimentar comidas diferentes (se fosse uma inglesa normal não tinha tocado nas ervilhas com ovos escalfados que lhe fiz uma vez!!)...

Acho a cozinha deles bastante parecida com a nossa. Usamos azeite para tudo... até a nossa 'canja' é similar!

 

Ahhh... as saudades que eu tinha do nosso microondas que fala.

 

 

 

 

 

 

 

 

A avó da Maria é invísual (daí o microondas falar e não ter visor), quando trocámos de casa o pai da Maria ofereceu-nos o "Rupert", que é o segundo homem da casa (o primeiro é o Disco Stu").

 

Bem... e no meio de tanta comida fiquei com fomeca. Hoje para o jantar vou fazer filetes de pescada panados com arroz de tomate.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estou de volta...

Quarta-feira, 22.07.09

Cheguei.

O avião fez uma aterragem um pouco para o medonho, com ventos cruzados e coiso e tal... mas chegou tudo inteiro e correu tudo bem. Rabisquei durante a viagem, mas só agora que cheguei a casa é que consigo por isto na net, por isso tomem lá disto:

 
 

 

Bem, escrevo isto num sítio diferente... estou como quero!

 

 

 

 

 

 

 

Está a dar um filme que tem o Mathew Perry... não faço ideia que filme seja (edit: era o 17 Again).  Faltam cerca de 2h10 minutos para aterrar e o voo atrasou bastante, no entanto temos o vento a favor o que vai dar para compensar parte do atraso. A crew só tem meninos, que por acaso são todos muito jeitositos e o cor-de-laranja fica-lhes muito bem... a única menina que faz parte da tripulação é a co-piloto.

 
 

Isto às vezes é totoloto... paguei 30 libras por esta viagem e tenho direito a filme, a 3 bancos só para mim e estou rodeada de rapazes simpáticos... no entanto a viagem para Faro foi um pouco mais do dobro do preço, e não tive nada destes luxos.

 

Durante a espera e porque me esqueci do meu livro, rabisquei no meu cadernito... não estou com vontade de jogar DS. Por isso transcrevo o que me passou pela cabeça durante aquele tempito.

 
.
.


‘Aqui estou eu sentada no chão à espera que a gate B53 do aeroporto de Faro abra... estou no chão não só porque não há cadeiras suficientes, mas também porque está mais fresquinho! Que se passa com o ar condicionado deste sítio??

O voo  está atrasado cerca de uma hora... será um sinal? Será Portugal a fazer birra por eu ir embora outra vez? “Quero-te cá!! Não vás!!!” Pois... mas como eu sou do contra, lá vou eu de novo para a terra da chuva.

 

Para trás fica a paranóia da gripe, o calor, o sol, a família e os amigos. Se tudo correr bem, daqui a 4 horas e tal já estou nas terras da Rainha... a conduzir ao contrário, a respeitar os limites de velocidade, a pensar em Inglês e apanhar com chuva nos cornos.

A coisa está mesmo para o demorado, e foi melhor seguir o conselho da mãe, lá tomei um pequeno-almoço e tomei os comprimidos da praxe.

 

 

Lá marchou uma gloriosa meia-de-leite e um glorioso croissant com queijo... e tudo custou uns gloriosos €6.30!! (é mais barato comer no avião!) No outro dia fui lanchar ao café e duas sandes de fiambre, um ucal e uma sprite custaram €3.70, fiquei toda impressionada! UAU... achei barato.Tenho saudades de pastelarias/cafés, detesto o facto de os cafés lá serem considerados sítios de luxo e de não haver bolos... só barras de comida de piriquitos e queques.

 
Vou mas é fazer um xixizinho...
 
 

O aeroporto até tem casas de banho porreiritas... mas estas novas deixam muito a desejar! Chamemos-lhe ambientação para as latrinas do avião... porque sinceramente, pouca diferença têm.

--
Já entrei na gate e já estou sentadinha.

 

 

 

 
Estou a ver os aviões a aterrar e os meninos a trabalhar.
 
 
 

 

 

Espero que a garrafa de D. Ermelinda que levo para o Shane não se parta... nunca tive nenhum azar desses, mas preocupo-me sempre. Pavor pavor tenho eu da mala se perder no caminho!!

A easyjet tem uma coisa boa, não tem limite de bagagem de mão, pois acho que a minha está mais pesada que a do porão... levo lá o portátil, o disco externo, uma sweatshirt, cabos e recarregadores para tudo e mais alguma coisa e uma coisa nova!! Uma nintendo wii que o moço me ofereceu pelos anos... mais vale tarde do que nunca, visto os anos já terem sido em Março >_> na bagagem vão também uma data de backups para eu viciar-me nos tempos livres! (É desta que eu e a Maria emagrecemos!!!!)

 
 

Abalei com 13kgs, estou de volta com 17kgs... nada mal! Normalmente ando sempre nos limites... À excepção da primeira vez que vim para ficar... ultrapassei por quase 10kgs, e tive que pagar qualquer coisa como quase 70 euros de excesso. Fiz questão de nunca mais repetir a proeza... mas na altura teve mesmo que ser! Quando for altura de trazer a casa atrás, acho que vou mas é a uma companhia de ‘excess luggage’ que me sairá muito muito muito mais barato.

 
 

Olha, o meu avião aterrou (é um pouco maior do que o das fotos acima, mas é practicamente a mesma coisa... um airbus A320 ou será um A319?) O que significa que daqui a meia hora já estou lá dentro pronta para abalar. Normalmente para lá o avião está um pouco para o sujinho e a comida é escassa... também meia hora não dá para nada mesmo.

 

Ai que estes meninos que reabastencem o avião são muito jeitosos!!!

 

Ai mãe que a minha mala vem toda desequilibrada no topo do reboque!

 

E lá vai o tractor dos amigos Zé Bombeiros... aterrou um grandalhão da Saudi Arabia Airlines.

 

Já estou a escrever demais... vou ter uma trabalheira para teclar isto tudo e depois ninguém me lê isto que está demasiado grande.

Estão a chamar-me, vou entrar na avioneta!'
 
----
 

E prontos... já escrevi tudo e já bebi a minha Ribena. Falta cerca de uma 1h10m para lá chegar... está quase. Isto está a tremer um bocadito e o céu já está cheio de nuvens... já só se vê branco. 

 

Os meus ouvidos estão okay, a minha cabeça podia estar melhor.

 
 

É a melhor coisa que posso fazer quando estou cá em cima é entreter-me... nunca tinha experimentado a ligar o portátil durante a viagem, mas isto é porreirito!

 
 
 

A mulher atrás de mim é cá uma irritantezinha! Será que eles não lhe explicaram que pagar por ‘speedy boarding’ não lhe faz ser mais que os outros? Speedy boarding permite entrar no avião primeiro... na gate espera-se igual aos outros, fez para lá um escabeche de obra.

 

Depois, fez confusao porque tinha uma mala de portatil e uma mala de ombro... quando se sabe que a mala de mão é um artigo único (à excepção dos sacos do duty-free) lá foi o speedy boarding para o catano visto ter gasto uma data de tempo a enfiar a Luis Vuitton dentro da sacola do portatil.

 

Agora está a reclamar com os rapazes jeitosos porque não sei o quê, qualquer coisa que esgotou na viagem anterior. O que mais confusão me deu é que okay, dentro do avião esta malta só fala inglês, tudo bem... mas se ela é portuguesa, porque raio começou a barafustar com a malta de Faro em Inglês? Minha filha, tu tens sotaque tuga... tens BI tuga, porque raio não falas tuga???  Hein??

Eu há muitas palavras que instintivamente me saem em Inglês... mas se for para a regateirisse, acredito que de uma maneira ou outra o algarvio  vem à tona!

 

Assim que chegar a Bournemouth e ligar esta coisa à internet, bloggo isto. Acho que agora vou jogar DS, ou ver o que tenho aqui no portátil... resta-me pouco mais de uma hora de bateria.

 
Até já.
 
 

 
 
 

E assim foi a minha viagem para cá... mas ainda tenho portuguesices para pôr no blog.

(Peço desculpa pelos erros ortográficos que isto não corrigiu nada!)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Voltas...

Terça-feira, 21.07.09

No outro dia fui dar uma volta à Guia com a mãe que  eu precisava de uns sapatos (lá nas outras bandas não consigo encontrar sapatos pipis visto ter a pata pequena), mas como não gostei de nada e os preços estavam abusivos... caguei naquilo.

 

A mãe como gosta de se entreter quando vai a pendura lá levou a marmita:

 

 

Lá se foi comendo tremoços pelo caminho.

 

Como Albufeira fica logo ao lado, decidimos ir fazer uma visita à minha tia e depois corremos as lojas dos chineses lá da zona... 

Detesto quando me vêm chatear a cabeça com o 'ai, eu não compro nada no chinês!' Epá... não compram porque são parvos. Qual é a lógica de gastar 20 euros por uma blusa, quando se pode comprar por 5? E sandálias a 44, quando se pode comprar a 10?
Eu não entendo nada destas coisas de moda e não sei quê, e sim, há coisas nos chineses que eu nunca compraria/vestiria... mas o mesmo se passa com lojas de marca!

Eu pouco ando com roupa 'normal'... maior parte dos dias ando com a farda e roupa de andar por casa. Penso que em tempos de crise como estes, não tem lógica gastar rios de dinheiro em roupa.

 

Ah, e é de louvar as calças dos chineses, que para além baratas são das poucas que me servem e têm cintura 'alta'... detesto andar com as calças a mostrar o rego do cú.

 

Ah2... sinto-me obesa mórbida neste país, detesto não haver número não-anoréxicos nas lojas.

 

(Prontos, já fiz as queixinhas todas!)

 

Albufeira tal como Lagos, embora tenha turistas, não achei que estivesse apinhada. Estava uma brasa e um vento quente brutal... só me lembrei de tirar fotos quando estava a voltar, por isso, aqui está o edifício da câmara municipal... que por acaso é muito giro (e muito p'rá frentex para a altura em que foi construído!)

 

 

 

O Lucas, o cão mais parvo à face da terra e é um gingão-ambulante... mas é um querido. Pena não ter tirado fotos ao resto da bicheza da tia, as porquitas-da-Índia dela são muito fofinhas.

 

 

 

A ver se em Setembro passamos mais tempo juntas que é sempre a mesma coisa... só visitas de doutor!

 

Amanhã vou-me embora.. e ainda tenho tanta coisa que queria 'postar' >_>

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Passa num instante...

Segunda-feira, 20.07.09

É um facto... uma semana não dá para fazer nada! O tempo passa a correr e não há tempo para fazer 1/3 do que queria fazer.

 

Felizmente em Setembro há mais, e aí vou poder ver toda a gente e comer o resto da comida que eu tenho saudades!

 

No post anterior esqueci-me de mencionar as saudades que eu tinha da maravilhosa programação das manhãs na TV... e das notícias, onde ainda se continua a dar demasiada importância ao futebol. Felizmente há cabo, e fox e zone reality e essas coisas todas...

 

Agora a sério, eu gosto mais dos noticiários daqui do que os de lá... simplesmente porque são mais internacionais e passam bastante 'coscuvilhice' comparados com os de lá. Também têm mais sentido de humor... se é que isso é possível no meio de tanta desgraça. Não consigo explicar, só sei que as notícias de lá são aborrecidas, demasiado sérias, demasiado nacionais... deve ser porque aquilo está rodeado por mar, só pode!!

 

Outra coisa que me está a complicar o sistema é ser obrigada a andar com isto atrás cada vez que pego no carro:

 

 

Enquanto que lá só preciso disto:

 

 

Pois... lá não preciso andar com documentos atrás, não preciso de absolutamente nada! Na eventualidade de ser parada pela polícia, tenho 24 (ou serão 48??) horas para apresentar a papelada na esquadra... o que é uma maravilha! Detesto andar com muita tralha atrás...

 

AH! Encontrei alhos podres em casa... o que comprova a minha teoria que esta gente não cozinha quando não estou cá!

 

Embora não tenha tido tempo de ver a malta toda, consegui ver parte da malta dos bombeiros, alguns parentes, amigos e 'sobrinhos'... especial atenção para a nova adição à família, responsabilidade da comadre (Isa... acho-a parecida com a irmã, mas não consigo distinguir se é mais parecida à mamã ou ao papá!)

 

Tenho pena de não conseguir estar com o pessoal todo desta vez... e ah!!! deparei-me com um problema gravíssimo. O meu telemóvel morreu... e perdi tantos, mas tantos contactos!! Que já quis dar uma palavrita ou outra e não sei como lhes dar sinal de vida. Entretanto fiquei sem saldo e agora então só ando a kolmis!

 

Agora vou dar uma volta ao novo retail em Portimão (desde que me fui embora já fizeram dois!! É que não se vê mais nada... para não falar da quantidade absurda de lojas dos chineses, o que é menos mau que é o único sítio onde encontro calças com cintura subida). 

Preciso de um router... com sorte encontro um Belkin.

 

Logo rabisco mais quando voltar, isto se não derreter com os +32ºC lá fora...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 18:48

Diferenças...

Sexta-feira, 17.07.09

Bem... não quero demorar muito com isto visto querer voltar para o vale dos lençóis durante mais uma horita ou duas. No entanto, há coisas que têm de ser ditas, por isso vou dividir isto em secções (ou sex-orange, como alguém a que eu ensinei umas palavritas de português diz):

 

O que noto de diferente:

 

  • Novos semáforos ao lado do prédio! Finalmente ao fim de 7 anos e pelo menos dois acidentes por semana, lá foram avante com a proposta:

 

 

Vantagem: não há acidentes.
Desvantagens: quando o sinal está verde para pedestres, apita... e ninguém consegue dormir à noite. Não entendo porque é que não puseram daqueles com a coisa que roda em baixo do botão? Também há cegos surdos!!
Outra desvantagem é a falta de entretenimento... quantas vezes não tomei o pequeno almoço na janela a ver quem é que tinha dado cabo do popó (I'm a bitch >_>)

 

  • Novelas e programas para gaiatos dobrados em massa... depois admiram-se de os putos não falarem inglês como deve de ser (tipo os nossos vizinhos espanhóis e franceses). Programas dobrados fazem a gaiatagem preguiçosa!!

 

  • Cebolas orgânicas cá em casa!! Haja luxo!

 

  • Er... será que eu ouvi bem? Aquilo era a voz do Herman na TVI???

 

  • Só passa música portuguesa na rádio... não que tenha nenhum problema com 'artistas' nacionais muito pelo contrário. Acho muito bem que a música passe na rádio... mas com alguma moderação (e o mesmo se aplica a músicas estrangeiras). Estou cá há dois dias e cada vez que entro no carro, ouve-se sempre a mesma meia dúzia de músicas cantadas pela língua mãe (muitas delas já com mais de 10 anos). A ideia que fico é que não se tem feito grande música por estes lados enquanto estive fora.

 

  • A cidade não está apilhada de turistas, e os poucos que cá andam são na sua maioria espanhóis.
    Vantagem: conduzir em Lagos não é insuportavel.
    Desvantagem: sem turistas não há trabalho para a malta.
    Isto só comprova que o pessoal lá da minha outra banda aderiu ao 'Vá p'ra fora cá dentro', que o Zé Tuga adere há anos visto não haver dinheiro para mais. Ao menos Portugal é bonito e tem bom tempo...
    Vantagem2: Onde vivo é um sítio comum para a inglesada ir passar férias, quantos mais turistas ficarem por lá, mais trabalhito tenho!! eheheh

 

  • Aparentemente o país está alertado e extremamente preocupado com uma tal gripe A, que lá pelas outras bandas a malta continua a chamar swine flu... no entanto, e embora tenha tido casos em Poole (mesmo ao lado de Bournemouth) e seja o 3º país mais afectado... não estou minimamente preocuapada e os média não fazem um terço (leia-se um quinto) do alarido que fazem por aqui. Já estou a ficar semi-farta de ouvir a mesma lengalenga...' tens a certeza que não estás com febre?' e 'não te desinfectaram no aeroporto??'. Meus amigos... de 102 casos em Portugal, 76 já estão curados e ainda ninguém morreu. Morrem mais velhotes com gripes normais, por isso... não stressem!

 

Bem... logo continuo isto.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031