Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A história do vendedor de kebabs

Sexta-feira, 04.06.10

Hoje fui dar uma volta com umas quantas colegas de curso e uns amigos delas. Como as minhas colegas são homossexuais e no meio daquilo tudo os únicos hetero era eu e a Lorna, seguimos a onda delas/es, e corremos os bares gay de Bournemouth. A malta estava toda animada, e tive uma noite que foi um espectáculo.

 

No entanto, o momento alto da noite foi quando às 2:30 da matina, a malta deu-lhe fome e fomos buscar um kebab (eu fiquei-me por uma cheeseburger).

Conversa puxa conversa o dono da loja, iraniano e já nos seus 50 anos, lá me fez a pergunta da praxe... 'mas donde raio é esse sotaque'. Após a descoberta da minha nacionalidade, partilhou comigo uma história que é no mínimo hilariante.

 

Aparentemente, ele teve uma jovem madeirense a trabalhar na loja. A jovem era casada e não falava muito bem inglês... no final da primeira noite de trabalho, ele pediu-lhe para ela 'brush' o chão... ao qual ela começou a tremer e a chorar.

O senhor muito atrapalhado, lá lhe perguntou o que se passava, e porque é que ela não queria 'brush' o chão... ao que ela responde que era casada e não fazia disso.

Resumindo a história, a pobre coitada entendeu 'brush' como broche... e daí o pânico.

O que eu me ri com isto!!! Talvez amanhã, quando estiver mais sóbria não ache tanta piada... mas de momento, ainda estou a rir que nem uma perdida!

 

Enfim... estou um pouco tocada, mas não podia deixar de partilhar esta história, que tem tudo para ser anedota!

Agora xixi cama... e esperar que o zumbido dos ouvidos passe rápido para eu nanar!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Videl às 03:35


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2010

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930