Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



LDN IV

Sexta-feira, 04.12.09

Tomamos o pequeno-almoço no B&B, mochila à costas, check-out e tube come ela!

 

O destino: Camden.

 

Já tinha ido lá com a Zu, mas só desta vez é que deu para vasculhar a coisa como deve de ser... barracas atrás de barracas, lojas atrás de lojas, que não fazia ideia da sua existência. É um autêntico labirinto, muita variedade sem dúvida, lojas únicas no mundo, mas a maioria com muito do mesmo. 

 

Como a Maria nunca tinha lá ido, achamos boa ideia dar lá um pulinho. Chegamos bem cedo, os feirantes ainda estavam a descarregar as carrinhas e as lojas ainda estavam fechadas, mas não houve problema que fomos até ao Starbucks para aquecer. Estava frio, e o sol bem tentava dar ares de sua graça... mas a malvada da chuva venceu mais uma vez, e em menos de nada começou a chuver... non-stop.

 

E aqui vão as fotos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em menos de nada, as ruas encheram de gente.

 

 

 

Camden Lock

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma barraquinha de Takoyaki!!!

 

 

Nunca vi tanta variedade de donuts na mesma barraca!

 

 

Tempo horroroso.

 

 

 

Os antigos estábulos, que virou mercado. 

 

 

 

Cyberdog... uma loja do espaço! Paragem obrigatória!

 

 

Almoçamos, e fomos até Hyde Park que tinhamos lido no jornal que havia para lá qualquer coisa.

 

Winter Wonderland!!!

 

Logo à entrada deparamo-nos com isto:

 

 

A Maria adorou! Eu cá gramei a boca sincronizada.

 

E isto este ano foi o meu equivalente da Feira Franca lá em Lagos:

 

 

 

 

O ringue de gelo alagado por causa da chuva.

 

 

 

Achei a ideia genial... um HUMAN SNOW GLOBE!!! Epá, lindo.

 

 

 

 

Não, não é o London Eye.

 

 

 

Uma drop-tower estupidamente alta.

 

 

 

 

 

Depois de sermos invadidas pelo cheiro a cachorros e a mould wine, como estavamos perto do Marble Arch, lá fomos nós. Ainda estavam lá umas coroas de papoilas o 'Remembrance Day' (ou Dia do Armistício) tinha sido há uma semana e piques.

 

 

 

A papoila é simbólica porque é comum flurescer nos ex-campos de guerra, e a cor vermelha representa o sangue derramado. As papoilas só crescem quando as suas sementes e o solo são perturbados (por exemplo, escavar buracos, corpos em decomposição, etc.) até lá, estão 'dormentes' e sem mudanças na terra não germinam.

 

E aqui está o arco!

 

 

Lá demos mais umas passadas e fomos ver se a rainha estava em casa.

 

 

Adoro parques!!!

 

 

Bem... a bandeira lá estava bem alta mas era só a Union Jack, a bandeira real não estava lá por isso a rainha estava no laréu.

 

 

 

Os guardas... mas não os com bearskins na tola.

 

 

 

 

 

Embora fosse ainda cedo... já estava a ficar escuro. Ainda tinhamos um comboio para apanhar... Tube ca gente, e em cerca de meia hora já estavamos no comboio em Waterloo prontas a voltar cá p'ra baixo.

 

Como as criancinhas aborrecem-se quando não têm nada para fazer... passamos a viagem a fazer corninhos uma à outra com o gorro....

 

 

 

 

 

 

Passou num instante. Em menos de nada estavamos em Salisbury, na casa do Shane para ir buscar o carro e conduzir até Bournemouth. Mas como estavamos com fome, achamos boa ideia encomendar uma pizza... mas como telefonar dá muito trabalho, mandámos vir a pizza pela net.

 

 

 

 

Potato wedges para entrada e ainda tivemos direito a um tubo de gelado à borla.

 

 

 

A Pizza estava podre de boa, não sobrou nem uma migalha.

 

Depois do pandulo cheio, lá fomos no popó até casa.

 

E foi assim o primeiro fim-de-semana em Londres com a Maria... e embora o tempo tenha estado merdoso, passamos um belo bocado e ficamos com vontade de repetir a coisa em breve. Até lá, trabalho, uni e outras coisas aborrecidas... 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031