Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Definitivamente, a capital está mesmo a tornar-me numa gaja!

Sábado, 19.09.09

Ontem foram as compras, hoje foi a Oprah... ou é da casa dos afilhados ser toda pipi, ou são os ares aqui da zona que me põem em contacto com a minha parte feminina.

 

Já não via a Oprah há algum tempo. Não apanho SIC mulher em casa e como não tenho cabo lá nas minhas outras bandas não tenho a direito a coisas dessas. Não vejo muita televisão quando estou por lá, mas quando passo algum tempinho em casa por vezes a ver ITV2...

 

A ITV2 à tarde só passa talk shows, na sua maioria americanos... mas normalmente quando começo no Jeremy Kyle só acabo mesmo na Judge Judy.

Jeremy Kyle é lá do UK e é um show onde ao contrário do Jerry Springer não tem espalhafato e porradaria... mas trata mais ou menos do mesmo tipo de assuntos. O Jeremy normalmente acaba os 'casos' com testes de paternidade e detectores de mentira... e é levado mais a sério. Aconselho a ver um programazito, só para ter ideia de que na Inglaterra nem todas as pessoas são finas... e que os 'ingleses' que vemos cá, aqueles que vêm passar férias, não são o único tipo de 'ingleses' que vivem lá. Digo 'ingleses' porque na realidade não estou só a referir-me a ingleses como também galeses e escoceses.

Há muitos chavs e malta na dole... ganhar subsídios do estado é do melhor que a malta lá faz, para não falar que muitos adolescentes optam por engravidar (ou engravidar as namoradas) para terem direito a uma casota e a um 'salário' que faz com que comprem LCDs e passem o dia agarrado à XBOX em vez de irem trabalhar...

Não, nem toda a gente de lá é assim... mas há uma quantidade brutal de pessoal que abusa das facilidades que o estado dá... er, não que os meus descontos e o de outros trabalhadores dão.

 

Mas voltando ao Jeremy Kyle, depois de uma double-bill de JK, dá a Ricki Lake, seguido do Montel, depois dá a Sally Jjessy Raphael e a tarde acaba em grande com a Judge Judy. E agora que já disse a programação completa das tardes da ITV2, volto ao programa com que comecei o post... a Oprah.

 

Enquanto os afilhados dormiam (tadinhos, bem precisam que estão cansadinhos da semana de trabalho), eu após umas míseras cinco horitas a dormir não consegui fechar os olhinhos mais. Lá liguei aqui o home cinema (lol), e zappei o meu caminho até à SIC mulher... aquele canal que eu nunca consegui apanhar lá na minha casa em Lagos.

 

No programa a Oprah teve lá como convidado o Montel (sim, aquele que falei ali em cima)... e lá falaram da esclerose múltipla que o aflige, outros famosos com doenças vieram à banda, mas houve um que me chamou a atenção visto não fazer ideia que a Fran Drescher (lembram-se da Nanny?) teve cancro no útero.

 

Entretanto lembrei-me o que queria ter postado esta madrugada... consegui reaver o meu cartão multibanco!!! Mas não o posso usar até Segunda-feira.

O processo até foi bastante simples, embora tivesse demorado um bocadito.

De manhã fui até ao BPN da Fontes Pereira de Melo, o banco do multibanco devorador de cartões, lá expliquei a situação... como aquilo foi na noite anterior, o cartão estava lá, só que só me era dado se a CGD (o banco do meu cartão) mandasse um fax a autorizar a entrega. Coisa fácil... a Caixa era a 1 minuto de distância e fui bastante bem atendida, e a senhora era simpática e brincalhona... 'então, esqueceu-se do cartão? ficou a olhar para o sol?' 'áquela hora o sol não era muito',

Enfim... o fax foi enviado, o cartão foi-me entregue... mas em casos de 'esquecimento do cartão' nos multibancos, a caixa substitui os cartões. Mas como aquilo houve um lapso pequenito de horas, a senhora disse para dar lá um pulito na segunda para lhe dizer olá.

 

No meio de isto tudo só estou feliz foi de me ter dado a preguiça antes de vir para cima e não ter depositado o dinheiro que tinha no banco... estava bem lixadinha, por esta hora já estava num stress brutal! Não gosto muito de andar com a carteira cheia, mas desta vez deu-me cá um jeitaço.

 

Bem, a ver que aventuras me esperam hoje aqui ao pé do Tejo.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 12:05

Damn... no meio desta bruteza toda existe uma gaija!

Sábado, 19.09.09

Pois... bem lá mesmo escondida no fundo.

 

Hoje fiz algo inédito, nunca dantes visto... e semi-auto-surpreendente! (Qual acordo ortográfico, qual quê? Hífens existem são p'ra ser usados!)

 

Passei o dia a passear e a entrar em lojas de roupa. Note-se... detesto comprar roupa! Não só porque estou gorda e não gosto de me ver com nada, como também acho um desperdicio de dinheiro gastar dinheiro em trapinhos... tenho tanta melhor coisa em que gastar diheiro.

 

Mas o meu guarda-roupa (especialmente desde que o 3º michelin surgiu aqui no abdomen) está er... reformulando, qual guarda-roupa? Devo ter uns três pares de calças do chinês (o único sítio onde encontro calças que me sirvam com cintura subidinha), e meia dúzia de blusas rançosas... que não me favorecem nada nem reflectem um pouco da individualidade da minha pessoa! (Gosh, mas que raio é que se passa comigo hoje... passei o dia todo na badalhoquice e agora às tantas da manhã estou toda filosófica!)

 

Enfim... continuando, entrei em mais lojas de roupa hoje do que entrei nos passados dois anos. Também gastei uns trocos e coiso e tal... nada do outro mundo, mas há anos que não gastava tanto dinheiro em roupa num dia só. Um vestidinho, duas blusitas, um acessóriozito... nada de por aí além. Mas para quem é unha de fome para compras do género foi uma conquista! Mas a maior conquista delas todas foi que... não achei o processo assim tão doloroso. Não vou ao extremo de dizer que me diverti enquanto revistava as cruzetas, mas posso dizer que acho que foi a vez nas minhas quase duas décadas e meio de vida que menos me custou ir comprar roupa... estava com disposição para a coisa.

 

Ainda passei um bocadinho na FNAC, a folhear livros... estava com apetites de comprar um livrito, mas os preços tiraram-me qualquer vontade! Ainda estou à espera em que um livro em Portugal não seja considerado um luxo e artigo de enfeitar mobilia...

Livros são para ser lidos, usados...
 

Lá na bifolândia os livros custam o preço da chuva... toda a minha gente lê! Livros usados a preços ridiculos (tipo 20p cada)... e não há nada de finúrias. Livro é p'rá guerra!

(Okay, estou a generalizar... há livros que não atreveria a levar comigo na mala e ler fora de casa, e que estou disposta a gastar pipas de massa, mas esses são muito poucos e conto-os com os dedos da mão).

Gosto de comprar livros usados não só pelo preço, por vezes dou por mim a pensar na quantidade de pessoas que já leu as mesmas páginas que eu... as vezes que o levou à retrete, a quantidade de E. coli que lá está.. cheiros estranhos, manchas desconhecidas. Depois quando acabo os livros, dou às lojas de caridade para serem revendidos a preços estúpidos... e o ciclo continua, e lá vai outra pessoa lê-lo.

Um dia ponho lá um tracker ou um raio do género... seria giro, ver por quantas mãos o livro passaria.

 

Bem, já mudei completamente a minha linha de raciocínio... esqueci-me completamente do que queria dizer, mas nada tinha a ver com livros. Logo me lembro...

 

Aqui ficam as fotos do meu jantarinho hoje:

 

 

Um bife à balcão na Portugália do Almada Fórum... estava bem bom.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930