Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


City Break - Paris 1.2

Quinta-feira, 10.05.12

Como subir à torre ficou fora dos planos, lá fomos passear de barquito no rio Sena.

 

Infelizmente estava a chover então decidimos ficar no andar coberto do barco. Uns quantos malucos foram para o andar de cima, mas quando a chuva começou a cair com mais força decidiram fugir para o andar de baixo.

 

Tiramos muitas fotos, mas como estávamos separados por uma vidro... a maioria delas ficou uma bela bosta. Aqui estão as que se aproveitam.

 

 

Cruise on the River Seine

 

 

 

Não dá para ver bem, mas na foto debaixo está a chama da Liberdade - réplica exacta da chama que está na estátua da Liberdade nos States, que fica em cima do túnel onde a Princesa Diana morreu.

 

 

 

La Flamme de la Liberté

 

 

O obelisco de Luxor

 

 

Obélisque de Louxor

 

 

A Assembleia

 

 

Assemble Nationale

 

 

Museu de Orsay

 

 

Musée d'Orsay

 

 

Bloco de apartamentos pipi à beira rio. 

 

 

Paris

 

 

O bote da Bombeiragem!! 

 

 

Firefighter Boat

 

 

Um barquito restaurante 

 

 

Restaurant on a boat

 

 

La Samaritaine 

 

 

Samaritaine

 

 

E por último, aqui fica um dos apartamentos mais estreitos de Paris (entre os prédios). 

 

 

Narrow flat in Paris

 

 

O passeio durou cerca de uma hora e passamos por baixo de 22 pontes :) Foi dinheiro bem gasto porque deu mesmo para ganhar noção da distância entre sítios de interesse turístico. Estávamos com fomeca então decidimos ir para a zona do Hotel para depois não ter de andar muito com barriga cheia. 

 

 

Como já estava a ficar tarde e andávamos um bocado mareadas/grogues - afinal de contas não pregava olho há umas 38 horas - decidimos não perder muito tempo a escolher o restaurante e entrar no primeiro que tivesse um preço acessível e não muito fino pois não estávamos vestidas para a ocasião.

 

Acabamos por entrar num Italiano e comemos uma pizza daquelas como deve de ser:

 

 

Pizza!!!

 

 

Ah! Já me ia esquecendo do lanche que comemos à tarde. 

 

 

Yummies

 

 

Flan, chochosuisse e iced tea!!! Oh yeah!

Saudades de iced tea... e qualquer dia aventuro-me a fazer um flan cá em casa! É podre de bom :D

 

 

 

Depois do jantar, andamos pelas redondezas para ver o que havia na área... chegamos à conclusão que Gare du Nord não só tem as casas de banho mais caras de sempre (€0.70 para dar uma mija), mas como também cheira bué a caril!

 

Chegando ao Hotel experienciamos o 'Elevador Temperamental', e lá tivemos de completar a subida até ao 5º andar pelas escadas de incêndio... nice, mesmo bom para digerir a pizza!

 

A caminha era comfortavel e apesar do barulho dos comboios... dormi que nem um calhau!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 21:17

City Break - Paris 1.1

Terça-feira, 08.05.12

Ainda em Invalides, demos um pulinho até ao Musée de l'Armée.

 

Têm uma colecção enorme de armaduras, uniformes, armas e afins. Onde podemos tiramos umas pelingrafias, mas como aquilo era tão grande e ainda tínhamos um dia longo, não podemos olhar para todos os exemplares com a atenção devida.

 

 

Musée de l'Armée

 

 

Musée de l'Armée

 

 

Musée de l'Armée

 

 

Ainda fomos ao Historial Charles du Galle, mas vimos aquilo de corrida.

 

A cafetaria estava a chamar por nós (ainda não tínhamos comido nada desde os Skinny Lattes no Starbucks). Partilhamos uma baguette, mas no fundo, bem lá no fundo, queríamos era bolos carregados de creme! Mas como a cafetaria não tinha nada de jeito, adiamos a overdose de creme patisserie.

 

 

Fomos ver o túmulo do Napoleão, e man... coitados dos manos que tiveram de carregar com aquilo!

 

 

Napolean's resting place

 

 

Napolean's resting place

 

 

 

Tecto todo pipi.

 

 

Invalides - ceiling

 

 

Xau Invalides!

 

 

Invalides

 

 

Olá Torre Eiffel!

 

 

Eiffel Tower

 

 

Eiffel Tower

 

 

Andamos por umas ruas manhosas, nem nos demos ao trabalho de abrir o mapa. A torre estava mesmo ali ao lado.  

Parei num quiosque para comprar postais (já andava a topar preços e tal e o mais barato que se encontrou foi 12 postais por €2).

 

 

Untitled

 

 

Untitled

 

 

 

Houve um problema qualquer com os elevadores da torre, e só um elevador é que estava a funcionar. 

Filas de mais de duas horas, embora a fila para subir a torre por escadas tivesse muito menor... sinceramente não tínhamos dormido nada de jeito e estávamos cansadinhas, por isso decidimos deixar para o dia a seguir... (acabamos por não voltar e não subimos a torre).

 

 

Eiffel Tower

 

 

 

 

 

 

Eiffel Tower 

 

 

 

 

 

 

 

Eiffel Tower

 

 

 

 

 

 

Eiffel Tower

 

 

 

 

 

Os xóxós para passear os turistas.

 

 

Eiffel Tower

 

 

 

Como não deu para subir a ponte, decidimos fazer um cruzeiro pelo rio Sena.

 

Foi uma óptima ideia, pois ficamos a saber o que ficava perto da área, calcular distâncias (mais-ou-menos), e saber o que é que ficava para lá (e para cá) do rio.

 

Tiramos umas pelingrafias e fizemos planos para o dia seguinte.

 

(Fotos no próximo post) 

 

 

Continua...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 13:33

City Break - Paris 1.0

Segunda-feira, 07.05.12

Embora haja milhentos hotéis/pensões/etc em Paris... o que nos fez escolher o Tim Hotel foi a proximidade da estação e o preço.

 

O alojamento foi de facto o mais caro destas mini-férias... e o preço que se paga por um quartinho num Hotel de 2 estrelas, básico e nada de extraordinário, quase que dava para ter ficado no Hilton em Vilamoura.

 

Enfim... era o mais barato na área, era a 5 minutos a pé de distância da estação, e havia muitas mixed reviews no trip advisor. Que se lixe - pior do que o Bed & Breakfast que ficamos em Londres não haveria de ser!

 

O Google StreeView deu um jeitaço do caraças, pois deu mesmo para decorar qual era o caminho para o Hotel.

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

 

O check-in era só às 2 da tarde por isso íamos só deixar as malas. Mas felizmente o quarto já estava pronto por isso entregaram a chave mais cedo!

 

O quarto ficava no 5º andar, voltado para as traseiras do prédio... e sinceramente, estávamos à espera de MUITO pior!

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

As camas tinham os lençóis bem passados, branquinhos e cheiravam a lavadinho! Embora a carpete e a mobília do quarto precisasse de uma reciclagem, estava tudo limpinho e bem tratado (para o preço que se pagou não podíamos pedir muito mais).

 

Curtam a Flatscreen TV... não dá para ver bem, mas as cruzetas estão penduradas no apoio da TV (o roupeiro improvisado).

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

 

O chuveiro tinha muito boa pressão e a água aquecia num instante.

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

 

A cagadeira tinha o tampo demasiado grande (obviamente não devia ser para esta sanita), mas estava limpinha e não tinha marcas nenhumas. 

 

 

Vista panorâmica para as traseiras, com escadas de emergência ao lado. As escadas revelaram-se bastante úteis pois o elevador era temperamental, e por vezes só chegava ao quarto andar! 

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

Tim Hotel - Gare du Nord

 

 

 

O Hotel ficava numa rua bem agitada, mesmo ao lado das linhas da Gare de l'Est... o barulho dos comboios não parava, mas como no final do dia estávamos sempre tão estafadas, o barulho não nos chateou muito.

 

 

Descarregamos as malas e rumamos de volta à estação - mas tiramos umas fotos no caminho.

 

 

Rue de l'Aqueduc

 

 

 

Encontramos uma cache nesta ponte, yay!

 

 

Gare de l'Est - train lines

 

 

 

 

A coisa mais inteligente a fazer em Paris é comprar um passe para todos os transportes - metro, RER, autocarro... etc! Nós compramos o Paris Visite de 3 dias (€21.60), zonas 1-3 e fomos para TODO o lado! 

 

As linhas de metro/RER parecem um pouco confusas à primeira vista... mas o sistema não é muito diferente do de Lisboa ou Londres.

 

 

Já com o passe na mão, decidimos ir pegar o touro logo pelos cornos. Torre Eiffel, aqui vamos nós!

 

 

Lá apanhamos o RER até St. Michel/Notre-Dame, para trocar de linha e ir até Champ de Mars (Tour Eiffel)... só que o comboio que veio primeiro ia só até Invalides, e nós decidimos ir dar um pulinho lá primeiro.

 

 

 

Assim que saímos da estação de Invalides, demos com isto:

 

 

Le Grand Palais

 

 

 

Le Grand Palais

 

 

 

 

Lá no fundo vê-se o Grand Palais.

 

 

 

Tour Eiffel 

 

E a bendita torre já dava ares de sua graça!

 

 

Mas como estávamos mesmo ao pé disto:

 

 

Invalides

 

 

 

... e estava no Top 10 de sítios a visitar, lá fomos nós.

 

 

Invalides

 

 

Invalides

 

 

Invalides

 

 

 

 

Janelas curtidas:

 

 

Invalides

 

 

Invalides

 

 

Invalides

 

 

E eis o Napoleão no seu poleiro:

 

 

Invalides

 

 

Invalides

 

 

 

 

A Igreja Saint-Louis des Invalides

 

 

Invalides

 

 

Invalides 

 

 

 

Continua...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 09:36

City Break - Paris 0.0

Domingo, 06.05.12

Há uns cinco anos que eu e a Maria tinhamos isto nos planos - apanhar o comboio em Bournemouth e ir até Paris - mas ou por falta de dinheiro e/ou tempo, adiou-se, adiou-se, adiou-se... até que POF! Foi desta!

 

O plano era ambicioso, pois os bilhetes mais baratos são aqueles com as horas menos convenientes possíveis... mas como somos moças valentes, uma data de horas de espera no chão de uma estação não nos assustou.

 

Após um longo dia de trabalho, foi chegar a casa, comer, fazer as malas e truca... apanhar o comboio para Londres.

 

Aqui vai uma foto no chuchu:

 

On the Chuchu!

 

 

Chegamos a Waterloo às 1:05 e o plano era apanhar o tube/autocarro (qualquer coisa) até King's Cross/St. Pancras e esperar, esperar, esperar pelo Eurostar (aka Eurochuchu).

 

A estação de Waterloo parecia que tinha levado com uma bomba em cima... um alvoroço d'um cabrão! Andaimes por todo o lado, malta pendurada a soldar, faíscas por todo o lado... isto em plena uma da matina! E tube? Cadê tube? Tinha fechado à 00:30. E o último autocarro tinha sido à 00:30 >_> ai ai ai.

(A culpa é dos Jogos Olimpicos!!)

 

 

Bem, só tínhamos duas hipóteses, andar (mas a vontade de carregar malas ao frio não era muita), ou então ir pedinchar ao taxista que nos levasse até lá, e rezar para ele não se aproveitar e dar umas voltinhas extra.

 

O Sr. taxista disse que devia sair a umas £20 (coisa normal para Londres à noite). O taxista revelou-se muito simpático, conversador e curioso (como a maioria dos taxistas em Londres). Lá se queixou que teve a noite toda em Waterloo e que o nosso comboio era o último e que nem uma volta fez... quando se trabalha para um patrão e recebe-se um ordenado, tanto faz trabalhar ou não... mas quando se trabalha por contra própria é como se tivesse trabalhado sem ter sido pago.

 

Foi honesto e foi directo para St. Pancras e só nos cobrou £15 (à noite o taxímetro é muito liberal). Ainda nos mostrou onde eram as portas para fazer o check-in e os cafés que estavam abertos 24 horas. Deve ter tido pena nossa, pois o comboio era só às 5:40...  tínhamos quatro horas e tal de espera pela frente.

 

 

 

Os bancos da estação são tão desconfortáveis, e os encostos de braço/separadores não deixam uma pessoa se encostar como deve de ser. Encontramos uns quantos espojados no chão, outros com as costas no banco, as pernas nas malas e o cu suspenso. Outros passaram a vedação do Yo!Sushi (restaurante Japonês na estação) e esconderam-se entre as booths e deitaram-se nos sofás - espertos!

 

Estava frio na estação, e embora St. Pancras tenha montes de lojas, restaurantes e cafés, às duas da matina estávamos limitadas a Starbucks ou Costa.

(Starbucks ganha sobre Costa todos os dias - café queimado, não obrigado!)

 

Lá pedimos dois skinny lattes para nos aquecer, e para ninguém nos chatear por usar o estabelecimento como sala de espera (não éramos as únicas na mesma situação).

 

 

Starbucks

 

 

Ficamos na palheta uma data de tempo, só abalamos quando se aproximou a hora do check-in... tínhamos o cú severamente dormente!

 

O check-in para o Eurostar é muito mais relaxado do que para um voo - mas mesmo assim temos de despejar bolsos, despir casacos, passar por detectores... e no caso da Maria apanhar uns valentes apalpões.

 

A sala de espera é bastante confortável, a maioria dos empregados eram Franceses (deve sair mais barato pagar ordenados em €€ do que em ££ ??).

 

Estava quase!

 

 

Waiting for the Eurostar 

 

 

 

Quando a gate abriu, lá entramos no Eurochuchu! YAY!

 

 

Eurostar

 

 

 

A estação tem os anéis olímpicos lá no alto... já se nota que os Jogos Olímpicos estão quase a chegar! É uma pena viver aqui tão perto e não ter hipótese de ver nada.

 

 

Olympic Rings

 

 

 

A nossa carruagem era a 18 - o que acabou sendo a 'cabeça' do comboio. Aquilo é um monstrinho e é surpreendentemente longo.

 

Quando marcamos bilhetes, o sistema arranja os pares automaticamente em lugares opostos com uma mesita no meio.

 

 

Untitled

 

 

Os bancos eram confortáveis e tinham uns apoios de cabeça bacanos, que me protegeram da baba do meu vizinho Americano, que estava a dormir e a dar umas pendidelas valentes para o meu lado.

 

A Maria conseguiu dormir no comboio para Londres e no Eurostar... eu, por mais que tentasse, está quieto! Estava de pé há mais de 26 horas, mas mesmo assim o João Pestana não queria nada comigo.

 

Ao fim de cerca de uma hora, entramos finalmente no Eurotunel. Eis a banda sonora escolhida durante a travessia do Canal da Mancha:

 

 

 

 

 

Demorou só cerca de 20 minutos até sairmos do outro lado do mar. 

 

Deu logo para notar diferenças nas casitas, vegetação e o terreno é muito mais plano.

 

Dizem que o Eurostar atinge velocidades de 300 km/h... sinceramente, não se nota (uma pena!)

 

 

Enquanto a Maria dormia e babava-se para cima da mão, eu apreciei a vista e li. 

 

Comboio é dos meus meios de transporte preferidos (talvez por que é o único onde posso ler sem ficar com uma valente dor de cabeça!). Também gosto de andar de avião, mas a pressão e as dores nos ouvidos deixam-me K.O. por isso perde pontos!

 

 

 

Chegamos a Paris Gare du Nord em boa hora... próxima paragem, hotel para descarregar as malas!

 

 

 

 

 

(Não percam o próximo post, porque nós também não!)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pronto, agora é que...

Domingo, 29.04.12

... ela não vai parar de tirar fotos a comida.

 

 

Porquê?

 

Por causa disto:

 

http://yummodude.blogspot.co.uk/

 

 

 

 

Fiz uma revisão aqui dos posts no Vinagre, e sinceramente, isto houve uma altura que virou mais foodbloog que outra coisa.

Por isso, as batatas vão ficar com batatas e os bugalhos com bugalhos.

 

 

 

Este cantinho fica reservado para os meus rabiscos em (mau) Português, comes e bebes vão para o yummo.

 

 

 

(O template daquilo mete medo ou susto... mas é o que se arranja até à data).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 16:50

Velhotes com gadgets!

Sábado, 14.04.12

Para quem cresceu a ver os velhotes da vizinhança a jogar dominó, petanca ou então na tasca a emborcar vinho machadinho... Ver velhotes a passar o tempo a conduzir barquinhos é uma curte!

 

 

 

 

E não, não há ali nenhuns netinhos no barulho! Os brinquedos são deles!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Nota: nesta imagem dá para ver a Bulma!!!)

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 11:59

Foxy - a raposa!

Terça-feira, 10.04.12

Nao sei se ja tinha falado na Foxy, a raposa de estimacao aqui do escritorio.

 

Ha ja uns tempos que nao dava ares de sua graca, mas hoje ca veio aproveitar o solinho :)

 

 

 

 

 

 

Opa! Tao cute :D'''''

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

1/4 centenário + 2

Sexta-feira, 06.04.12

Já passou um ano desde a última vez que fiz anos.
A coisa está a ficar demasiado perto dos 30... começo a não achar muita piada.



Este ano tirei uns diazitos de férias para aproveitar (o que veio a calhar pois tinha dias a gozar antes de Abril).

Estreou-se o sofá-cama cá de casa - ta ta ta taaaannnnnnn! Os meus pais foram as cobaias :)

Foi muito bom vê-los e matar saudades, e o facto de estarem cá no meu dia de anos foi a cereja no topo do bolo.



Pela primeira vez, os meus pais apanharam bom tempo em terras da Rainha. De todas as vezes que cá estiveram apanharam chuva e frio... Desta vez o Sol brilhou :D (É que isto é muito mais bonito quando não chove, sem sombra de dúvida!)


Passeou-se, comeu-se, passeou-se, comeu-se... bem bom!


Fomos até Tuckton, em Christchurch (aqui ao lado). Já lá tinha ido com a Maria numa cachada, mas como aquilo até é bonito, não fez mal nenhum voltar! 

 


 

 

Tuckton

 

 

Tuckton

 

 

Untitled

 

 

Tuckton

 

O mini-golfe, com uma cherry-blossom toda pipi.

 

 

Untitled

 

 

Untitled

 

 

Tuckton

 

 

 

A próxima vez que cá voltarmos (e se estiver bom tempo!) aluga-se um barquito para ir dar uma volta! 
 

Aparentemente não é preciso ter carta nenhuma, e até nem há legislação acerca de beber enquanto se conduz um barco... (embora isto cheire-me a mito urbano!)

 



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 12:19

Passeio pelo rio Stour

Domingo, 04.03.12

Uma das resoluções para 2012 foi passear mais.
Até agora, eu e a Maria temos ido cachar nos fins-de-semana (à excepção de quando o tempo está mesmo merdoso - tipo hoje! Ou então quando estamos todas podres). 

 

Usar geocaching como desculpa para ir passear e descobrir novos sítios é óptimo! É impressionante como uma pessoa vivendo no mesmo sítio há uns 4-5 anos, pensa que já conhece todos os cantinhos da cidade... e depois encontra sítios pipis no meio de nenhures! 

 

Eu já tinha ido à caça de caches ao pé do rio Stour, numa das minhas cachadas a solo há uns dois anos, mas não fiz nenhuma caminhada como deve de ser. Isso mudou ontem, e a Maria veio também.

 

Andamos cerca de 8 km, e encontrámos 6 caches nas 7 planeadas para o dia... not bad!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

Encontramos uma nano aqui:

 

 

 

 

E curtam-me esta camuflagem >_>

 

 

 

 

 

 

 

Quando estávamos à caça de uma das caches, decidimos fazer um corta-mato... e se é para cortar mato, é para cortar mato!
Sinceramente, acho que a Maria por vezes esquece-se que eu sou um bocado variada dos cornos, pois eu não tenho problemas nenhuns em meter-me no meio das estevas, silvas, ribeiras, etc... Bons tempos de bombeiragem, há coisas que nunca se esquecem, uma delas é não ter medo de arranhões e de me cagar toda. 

 

 

 

 

 

 

A passagem deste ribeiro/pântano, foi um verdadeiro momento 'Videl Grylls'! A Maria esteve a ponto de desistir, mas lá conseguiu-se por um ramo de uma árvore e coiso e tal e lá passou para o outro lado sequinha (e com sapatos, que por momentos ia perdendo-os).

 

 

 

 

 

 

 

E a Maria tem de comprar um par de botas, que isto de vir de ténis não é nada boa ideia... 

 

 

 

Para a semana há mais! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não, ainda não me fui!

Sábado, 03.03.12

Eu sei, eu sei... o berlogue tem andado morto!

 

Muitas coisas mudaram desde o último posto, sinceramente perdi conta de todas as reviravoltas da vida. 

Mas enfim, as coisas estão okay... podiam estar melhores, mas também podiam estar mil vezes piores.

 

Mudei de posto na Universidade, tenho um posto todo pipi e mando em pessoas >_> as dores de cabeça não justificam a meia dúzia de tostões a mais no fim do mês, mas tem sido uma boa experiência e nos dias de hoje sinto-me privilegiada em ter um emprego!

 

Deixámos Bagdad, perdão, Charminster e voltamos para Bos Vegas! Sinceramente tínhamos saudades desta parte da cidade, que embora manhosa, tem tudo à mão! Não temos vizinhos infernais e conseguimos dormir à noite! As coisas melhoraram bastante desde que deixamos a casa infernal.

 

 

A casita nova é uma maravilha e embora custe bastante a pagar no final do mês, como somos três a coisa fica menos dolorosa. Até à data, é o melhor apartamento que alugamos (e mais caro também!), desta vez calhou-nos o no número 5. A primeira vez que calhamos num apartamento com número ímpar. 

 

Aqui vão umas pelingrafias do flat 5, quando ainda estava vazio antes de trazer a tralha toda atrás:

 

 

 

 

Cozinha

 

 

 

 

O meu quarto.

 

 

 

 

A minha cagadeira.

 

 

 

 

 

O chuveiro.

 

 

 

 

 A cagadeira da Maria.

 

 

 

 

O quarto da Maria.

 

 

E para terminar a sala...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de um ano infernal no 'Palacete II' que virou 'Palacete Enbruxado'... o Flat 5 caiu direitinho do céu! 

Todos gostamos do nosso novo cantinho :) 

 

 

 

 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031