Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



De volta ao frio

Segunda-feira, 11.01.10

Eis o primeiro post de 2010.

 

 Já estou de volta à vidinha. A neve ainda não derreteu e está um grande briol. 

 

Como isto tem estado paradinho, há que por a conversa em dia... tenho que admitir que desta vez não fiz boi em Portugal, e embora tenha sabido bem, não consegui apreciar tanto quanto queria pois a minha consciência de 10 em 10 minutos lembrava-me... vai-te agarrar à papelada.
Sinceramente nem sei porque vou carregada com aquilo, pois nunca toco em nada... mas sinto-me tão culpada, e agora estou a entrar em pânico, pois as deadlines aproximam-se e nada está começado! Ai ai ai.

 

Como não fiz boi, e o que mais fiz foi comer (ganhei quatro quilos malvados... quatro quilos estes que me tinham demorado 2 meses a perder, é tão frustrante!) não há muito para contar e mal peguei na camera.

No entanto ainda tenho material suficiente para fazer um daqueles posts longos e aborrecidos que nunca mais acabam.

Como vai sendo costume, vou juntar tudo e isto vai ficar uma grande salganhada... foram avisados.

 

Começo com um belo de um sargo assado que marchei logo numa das primeiras noites que cheguei. Há muito tempo que não comia peixe apanhado pelo meu pai, e embora não tenha sido assado na brasa, não foi por isso que a coisa não ficou menos saborosa.

 

 

 

 

Tive direito a uma batata-doce ginorme! Gosto tanto de batata doce com azeite e vinagre! O que eles aqui chamam batata-doce, embora se assemelhe por fora, é laranja por dentro e de doce tem pouco. Eu acho que a nossa batata-doce é o que eles chamam de yam... mas eu bem ando à caça nos supermercados, a única vez que vi custavam os olhos da cara... e não deu para levar.

 

Olhem-me só o galheteiro todo xpto, que anda lá por casa:

 

 

 

O Natal foi muito calmo e pacato, e ao contrário da maioria dos anos, não foi passado a trabalhar. Como a família não é muito grande e está espalhada por todo o lado, éramos só três, eu a mãe e o pai. Para ser sincera, acho que não me lembro de um Natal onde estivéssemos os três a cozinhar na mesma cozinha.

 

Trabalho em equipa:
A mãe trata das batatas-doces, o pai da cebola para o bacalhau com natas e saltea as batatas com cogumelos, cebolinhas e cenouras.

Eu trato das fotografias!

 

 

 

 

"Santa's not so little helper"

 

 

Assou-se também um lombinho de porco.

 

 

Fartei-me de mexer o bechamel pró bacalhau.

 

 

 

Entretanto começou a tratar-se dos camarões para entrada.

 

 

Eles na marinada, já depois de descascados:

 

 

Como a malta está habituada a cozinhar quantidades industriais (ossos do ofício)... não havia tacho/tabuleiro onde desse para misturar o bacalhau... então teve que ser no alguidar.

 

 

 

Txé Bruteza!

 

 

... lá se foi a colher de pau de plástico. (A ver quantos comentários é que recebo a dizer que sou parecida com o meu pai).

 

 

A situação até foi bastante cómica.

 

 

Prontinho a ir para o forno... obviamente não coube tudo num só tabuleiro. 

 

Antes:

 

 

 

Depois:

 

 

Depois do depois:

 

 

Entretanto o porco ficou pronto para dar lugar ao bacalhau.

 

 

A mesa:

 

 

 

O trabalho dá nisto... e porque não? Se tenho de por mesas pipis para os outros, porque não por p'rá gente também?

 

 

A centre piece:

 

:

 

A fonte comprada na Casa há uma data de anos:

 

 

E um novo acrescento à sala, vindo directamente da loja do Chinês

 

 

(mais respeitinho com o hipo do pai, que sobreviveu durante a minha infância!)

 

A árvore de Natal:

 

 

A doçaria:

 

 

Pastéis de batata-doce, vindos directamente da loja pois a avó já não faz disto)...

 

 

 

Bolo Rainha, ou raio que aquilo era... segundo os meus pais não valeu um cêntimo. Aprenderam a lição, para a próxima compram o do Aldi ou o do LIDL e poupam uma data de dinheiro!

 

E um folhadito de café que estava bem bom.

 

 

Ainda houve direito a um pratinho com fruta todo pipi:

 

 

 

O Bacalhau estava quase pronto, era hora de começar a tratar dos camarões.

 

 

 

Aqueles anos na escola de hotelaria e turismo só lhe fizeram bem!!! Ó só para isto!

 

 

 

Hmmmm.....

 

 

Quero salientar que fiquei extremamente impressionada com a nova garrafa "ereccionadora" do azeite Oliveira da Serra:

 

 

 

Tudo a postos!

 

 

A bebida natalícia para mim foi vinho tinto do LIDL com 7up.

 

 

Txin, txin!

 

 

E infelizmente a bateria da máquina começou a morrer, e como estava mais interessada em comer do que a tirar fotos... já só consegui sacar estas duas:

 

 

Uma toda queimada do bacalhau.

 

 

Esta foi uma das prendas que estava debaixo da árvore.

 

E o Natal foi assim no 3º b de burro.

 

A passagem de ano foi passada em casa, com direito a uma voltinha de carro e depois cama e Transformers 2... por isso não há fotos da diversão.

 

No próximo post ponho aqui fotos de como a Inglaterra me deu as boas-vindas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 16:44


6 comentários

De Angelo a 11.01.2010 às 19:44

Tem tudo tão bom aspecto: A comidinha, a casa, os teus pais!

E teres umas férias de quando em vez soa-me muito bem!

De Videl a 11.01.2010 às 19:59

Pois... pena é que eu tenho férias quando não posso ter férias. Férias só mesmo daqui a 6 meses... agora não me fizeram nada bem.

A comidinha estava do melhorio, e escusado será dizer que houve redon (nome fino para restos d'ontem) uma data de dias :D

De Claudia a 11.01.2010 às 22:50

AAHHH!!! Eu morro com as fotos das comidas que tu pões. Quero aqueles camarões!!!!!!lol
Ouviu-se mm o teu sotaque algarvio no filme, no final: "apanhê"

Hmm...não tenho mais nada de inteligente para dizer!! Quero mais pooooosts!

De Videl a 11.01.2010 às 22:58

Tá bêm!

E olha lá... qdo vens cá?

De Yazu a 13.01.2010 às 16:42

jâsus maria! já convidavas era para ir aí comer à grande!

De Videl a 13.01.2010 às 17:20

Mas tu estavas numa estação de serviço algures no Alentejo :(

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31