Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bifanas à la bife!

Terça-feira, 25.05.10

Pois... no outro dia deu-me um daqueles apetites a bifanas! Então lá se improvisou umas bifanas à bife!

E à bife porquê? Porque o paposseco não é paposseco (e não existe pão 'tipo' caseiro) e porque eles aqui têm cortes de porco diferentes, e não há 'febras'. A única coisa que foi genuína foi a mostarda... com savora, tudo melhora!

 

 

 

 

Epá... estava bem boa, e a Maria alambuzou-se toda... mas não substitui isto:

 

 

 

Bifanas, me aguardem!!!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 22:50

Nachos....

Domingo, 23.05.10

Hoje o jantar foi:

 

 

 

Hoje esteve um dia lindo... diz que vem aí uma onda de calor, quero ver isso!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 00:42

Agora?! Agora espera-se!

Quinta-feira, 20.05.10

Hoje tive o meu último exame... mas foi um exame tão cão, que não me sinto nem um pouco descansada. Ou seja... até saber os resultados não vou largar foguetes nem fazer festa, que isto nunca se sabe. Caso não passe a coisa, lá terei de o repetir em Agosto... e pelos vistos se o tiver de fazer, não serei a única.

 

É que foi mesmo um exame ruinzinho... uma estrutura diferente dos anteriores, perguntas nunca dantes vistas... e o que o professor nos aconselhou a focar, nem uma pergunta saiu.

 

Tive perguntas muito jeitosas do tipo... um comboio rápido para Londres às 8:05 colidiu com um camião de transporte de combustível numa passagem de nível... desenmerda-te! Ou seja, não só me dá um panorama lixado... como ainda por cima é em hora-de-ponta! Também tive uma situação gira com uma bomba de dispersão de material radioactivo. Enfim...

 

Resumindo e concluindo, do que estudei... nada saiu! Então aldrabei a dar c'um pão... e agora é fazer figas para ter dito alguma coisa de jeito e passar!

Não estou descansada... mas estou aliviada. Hoje, pela primeira vez em muitos anos... não tenho nada para estudar! É que eu nem sei o que fazer comigo mesma! É uma sensação de liberdade estranha... overwhelming até! Mas ainda não me deu para andar aos pulos nem desatar a chorar! (Não sei se isso é bom ou mau!).

 

A primeira coisa que vou fazer amanhã é limpar a casa e lavar roupa... eu nem sei como ainda tenho roupa para vestir! Planos emocionantes para o primeiro pseudo-dia de liberdade!

 

Enfim... decidi partilhar aqui umas fotografias tiradas ao longo de várias sessões de laboratório, quando andamos a brincar com enzimas de restrição e PCR.

 

Começo por um dos meus acessórios favoritos: o lab dancer! (vortex) quem deu nome a isto é génio!

 

 

 

O termociclador (só custa mais de 4000 libras).

 

 

O banho.

 

 

A arca do gelo... ideal para manter a bejeca fresquinha!

 

 

Tralha na mesa.

 

 

 

 

O microondas é para o agar. (Aquela coisa espetada na parte de cima é a escova para fazer os 'poços').

 

 

Enfim... enfiam-se coisas estranhas na boca.

 

 

Passadelas na bochecha coiso e tal (não descuidar senão a boca fica num lindo estado!)

 

 

Mergulha-se o swab na solução.

 

 

Fecha-se e rabisca-se o tubo.

 

 

A Tash a brincar com o centrifugador.

 

 

 

 

Até parece que sei o que estou a fazer!

 

 

 

 

A mascote.

 

 

Que também tem direito a bata, claro!

 

 

Por vezes vêm uns bafos marados ao nariz... e a culpa é disto:

 

 

 

 

Moscas, varejas e carochas a devorar restos de carne! Yum! Entomologia é nojentamente cool!

 

O rebanho.

 

 

O professor de biologia molecular mais porreiro do mundo e uma assistente.

 

 

Lembram-se do agar? Aqui está numa mini-piscina!

 

 

Entretanto, à mistura inicial já depois de lavadinha, sem lixo o outras coisas que não interessam, dá-se cor.

 

 

 

Depois, deita-se com muito cuidadinho nos 'poços' feitos no agar... (muito delicado, que aquilo fura num instante).

 

 

Tapa-se a coisa, e liga-se à corrente.

 

 

 

 

Deixa-se aquilo a trabalhar e vai-se beber um cházinho e comer biscoitos.

 

Quando a coisa está pronta... tira-se da piscina com jeitinho (escorrega para cacete).

 

 

Põe-se em cima do dispositor (não sei como se diz), pronto para ser fotografado.

 

 

 

 

 

 

 

 

Apagam-se as luzes...

 

 

Olá!!!!

 

 

 

Temos BANDAS!!!! *pulos de alegria*

 

Uma das vezes saímos do laboratório era quase 9 da noite... tanto trabalho para isto:

 

 

E isto, minha gente, é o que interessa! Uma dúzia de bandas brilhantes!

 

De longe... a melhor parte do dia é esta:

 

 

Despir a bata e ir para casa!

 

 

 

 

 

Para terminar... espero que hoje tenha sido o último dia que tenha um panorama destes à frente:

 

 

(E isto não é nada... de momento tenho livros, cadernos, folhas, fotocópias no chão, na mesa, três cadeiras, dois parapeitos, na cama, no chão do quarto e na mesa de cabeceira!... Amanhã vai tudo para uma caixa! Nunca mais quero ver papelada à frente até me der na veneta e querer estudar mais!)

 

 

... Porra que hoje vou dormir até à tarde!!!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 22:13

Toad in the hole

Sexta-feira, 14.05.10

Hoje foi a primeira vez que senti 'fome' em cinco dias... o que eu chamo progresso. Depois de ter comido outra tigeja de sopa de galinha (com noodles desta vez), o corpo parece que desligou completamente e passei uma data de horas a dormir!

Não é que eu não goste de dormir... mas estou a 3 dias de um exame e ainda mal consegui estudar. O tempo é escasso e sinto-me extremamente culpada por não estar agarrada à papelada 24/7, mas sinceramente não tenho mesmo cabeça para estudar!

 

Para comemorar a importância do evento que foi eu ter fome, deixo-vos aqui com uma das maravilhas gastronómicas Inglesas.
(Loira, não te queixes mais... at last um post com comida!)

 

Toad in the hole

 

Sim, sapo no buraco. Não, a receita não tem sapos!

 

Cruzei-me pela primeira vez com tal coisa no supermercado, onde se vende doses individuais congeladas, prontas a comer ao fim de cinco minutos de borbardeamento por radiações. Nunca comprei... até que um dia a Maria (ainda nos tempos da barraca) deu-lhe apetites e fez a versão caseira.

 

Há uns mesitos atrás o episódio repetiu-se, e foi assim que ficou:

 

 

Não tem lá grande aspecto... mas não é nada mau.

Já entendem o nome da receita? As salsichas a 'espreitarem' pela massa assemelham-se a 'sapos no buraco'. Só mesmo esta gente para fazer comparações destas.

 

 

Basicamente põe-se as salsichas frescas no forno numa forma com profundidade, faz-se massa para yorkshire pudding (leite, farinha, ovo sal e pimenta). Quando as salsichas ganharem cor (assim para o cozidinho) e libertarem rios gordura, tira-se do forno, retira-se o excesso de gordura e deita-se o liquido da massa para cima das salsichas. Se as salsichas não deitarem gordura suficiente (rarissimo), por óleo na forma senão a massa pega e não fica estaladiça à volta.

Voltar a por a forma no forno durante mais 15-30 minutos (depende, é a olho! cuidado para não queimar a massa!).... e pronto, está feito.

 

Serve-se com uma boa dose de legumes (cenouras, bróculos, milho, couve flor, etc) e onion gravy  [cá em casa corta-se umas cebolas em rodelas e depois de aloirar no tacho e depois deita-se  a gravy (ahh! Bisto original é a que mais gostamos)].

 

Para quem quiser experimentar, há receitas na net. Isto cá nesta casa vai quase tudo a olhómetro.

 

 

... e só para verem o quão grogue estou, este post não me deixou nem um bocadinho com fome!

 

 

A ver se amanhã enfio mais do que torradas e sopa cá para baixo. Aceitam-se sugestões (excepto canja sff!).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parabéns mãe!

Quarta-feira, 12.05.10

A minha mãe faz hoje anos, mas como coitada estava a trabalhar e eu estou toda grogue a recuperar de uma gastroenterite, o telefonema que lhe dei não fez justiça à ocasião.

 

Então, achei por bem por aqui qualquer coisita... visto ela ainda não atinar com o facebook.

 

 

Aqui vai a minha 'homenagem' assim que em modos de CSI aldrabado.

 

 

Evidência ACP#01
Data: Agosto 2009

Local: Um dos bilhentos pubs na Inglaterra

 

 

Sujeito 01: A filha

 

Comentário: Sujeito 01, filha desertora que abandonou a pátria para se escarar à maluca.

 

 

Evidência ACP#02

Data: 2004

Local: Cozinha em habitação desconhecida

 

 

Sujeito 02: A mãe

 

Comentário: Sujeito 02, mãe de pijama estripadora de peixe a sangue frio.

 

 

Evidência ACP#03

Data: 2004

Local: Cozinha em habitação desconhecida

 

 

Sujeito 03: A vítima.

 

Comentário: Sujeito 02 exibe Sujeito 03 após suposto estripamento.

 

 

 

 

Evidência ACP#04
Data: Julho 2009

Local: Cartier Polo

 

 

Comentário: Fisicamente... Sujeito 01 e Sujeito 02 não são lá muito parecidos, a mãe é magra e a filha larga de osso. Mas ambas têm as mãos e os pés pequenos, testas grandes e a mesma voz ao telefone. No entanto, são as duas casmurras e teimosas. Gostam de comida de tacho, de petiscar nozes, pevides, tremoços e de estar à lareira no Alentejo.

 

----------------

 

Oh mãe, lembras-te da açorda que comemos neste dia???

 

 

 

 

---------------

 

 

Evidência ACP#05
Data: 1989-90???

Local: A casa que viu Sujeito 01 nascer.

 

 

 

Comentário: Sujeito 02, a mãe, provavelmente estoirada porque Sujeito 01, a filha, só fez asneiredo o dia todo (mas que arzinho endiabrado, lol).

 

 

 

Evidência ACP#06
Data: 1989-90???

Local: A casa que viu Sujeito 01 nascer.

 

 

 

(A razão do texto: a foto acima foi usada como capa de CD que eu ofereci à minha mãe há uns 10 anos atrás!)

 

Comentário: Note-se a cara de Sujeito 02, a mãe, perante as macadas da filha (santa paciência de mãe).

 

 

Relatório:

 

Sujeito 02, a mãe, perante anos de convivência com Sujeito 01, a filha... usa o acto de estripar peixe como terapia após situações traumáticas e embaraçosas.

 

 

 

----

 

Enfim, hoje o meu sentido de humor falha (se fosse só hoje, lol)... e o meu estômago não dá tréguas.

 

Isto tudo para dizer:

 

MÃE!

Quando começares a lamentar que estás velha e não sei quê (velhos são os trapos), e que já passou mais um ano, etc etc...

Pensa que ao menos agora NÃO TENS UMA PERMANENTE À MARCO PAULO!
E pareces muito mais jovem agora que há 20 anos atrás!

Muitos Parabéns!!!

... e é favor de comer um belo jantarinho, e é melhor que o senhor meu pai te dê uma prenda de jeito!

 

 

 

 

Bem... isto não teve bem o outcome que eu queria, mas give me a break, que ando mesmo podre!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

Viagem ao passado...

Domingo, 09.05.10

Encontrei uma caixa da qual me tinha esquecido completamente... Lembro-me de a ter enchido à pressa, pois na altura tinha poucos dias para mudar do dormitório para a barraca (aka casa velha).

Para debaixo da cama foi... e só foi mexida quando mais uma vez, tive de fazer uma mudança relâmpago da barraca para o palacete. Foi colocada novamente debaixo da cama... e por lá tem ficado, até que... *SHOCK* deu-me numa de limpezas (nota: tenho exames daqui a 8 dias, e a procrastinação dá-me para isto... limpar, cozinhar, fazer, bolos, you name it!)... e ohhhhh NOSTALGIA!

 

Juntamente a umas quantas fotografias, estavam dois discos rigidos... um do meu portatil que faleceu algures em 2007 e outro do meu último desktop que data 2005 ou 2006. Grata pelos adaptadores USB que comprei na FNAC na altura em que vim para cá, lá fui vasculhar que tesouros do passado tinham eles guardado.

 

Não vou por aqui tudo de uma só vez, que o que é demais enjoa... vou pondo aos poucos.

Aqui ficam algumas fotos de quando eu estava a estudar enfermagem em Silves, e também das bestas de 2005! (Já tinha algumas no Flickr).

 

 

A piscina.

 

 

 

Sapatos malvados!

 

 

CSI Cama-da-Vaca!

 

 

Filha!!! Tenho tantas saudadinhas tuas x

 

 

As drogas.

 

 

Luvas do tamanho do mundo... ou... mãos demasiado pequenas.

 

 

 

As bestinhas estavam com calor...

 

 

Então foram-se refrescar à fonte!

 

 

Campeonato de 5 metros crawl.

 

 

 

A bestalhada de transito, com um carrinho de compras do tunning, onde transportavam a mascote porca Matilde.

 

 

 

 

 

Tão cute!!!!

 

 

 

A ilustre latada... que cagaçal infernal! lol

 

 

 

 

 

 

 

Eu e o Raminhos.

 

 

O trio de Lagos.

 

 

Embora tenha sido só há cinco anos atrás... esta etapa da minha vida parece tão longínqua. Talvez por a minha vida ter dado uma volta brutal no ano seguinte... não sei.
Olhando para trás, tenho mais más memórias do meu tempo de universidade em Portugal do que boas... mas penso que seja devido ao tipo de vida que levava na altura. Universidade o dia inteiro, entrar nos bombeiros às 20h. Sair do trabalho às 8h ir apanhar as colegas, estar na universidade às 9h, fim do dia de volta aos bombeiros... quase que não ia a casa (a minha mãe ia-me levar roupa e jantar ao quartel), o tempo livre era usado para dormir e mais nada, quando ia a casa de amigos assim que me sentava crashava... (e ainda hoje tenho fama de só dormir, lol - totalmente falso... e devo ter sido a única pessoa que se deixou dormir durante o Último Samurai e o 28 days later).

Passei mais de ano e meio a dormir uma media de 3 horas por noite e embora tenha tido problemas com uma cadeira, a minha média era boazita. Não faço ideia como aguentei aquela vida tanto tempo... se fosse hoje duvido que aguentasse. Daqui a uns anos tenho a certeza que direi o mesmo do tipo de vida que levo agora lol.

 

Sei que às vezes dou por mim a pensar como teria sido se tivesse acabado enfermagem... mas como a Maria diz, as coisas acontecem por alguma razão, e não vale a pena chorar por leite derramado (é assim o provérbio, né?).

 

E por hoje já chega! Amanhã estou de volta à papelada que isto já chega de tanta procrastinação!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

City Break 1.4

Quinta-feira, 06.05.10

Bem atrasado... mas como eu detesto deixar coisas por fazer. Aqui fica a conclusão do city break na Suiça. Mais vale tarde do que nunca!

 

 

 

24 de Fevereiro 2010

 

Hoje foi um dia calmo. O Ramos tinha um reunião no hospital por isso acourdou-se um pouco mais tarde e almoçou-se em casa... Uma criação gastronómica de autoria dele (!) Estava bom :P

 

Obviamente eu não pude ir com ele, então lá fiquei eu por minha conta a explorar Neuchâtel. Precisava de trocar umas quantas libras e queria trocar postais.

Parei no posto de turismo, onde ap+is desculpar-me pelo meu mau francês lá falei inglês com a senhora. Pensei que fizessem cambio nos correios (que era logo ao lado), mas não... só no banco. Lá ganhei um mapa com umas cruzes a indicar os bancos e lá fui eu.

 

No banco... bem o senhor do balcão assim já para o velhote não falava inglês, mas também não houve problema, que eu com o meu francês ruinzito safei-me e ainda recebi um elogio que falava muito bem... LOL! Acho que ficou contente por eu andar ali a esforçar-me, eu também ficaria se estivesse no lado deles. Ainda mais que devo ter passado por inglesa, e esta malta aqui é preguiçosa para falar não-inglês.

 

Já com francos suíços, parti em busca de postalitos. Comprei uma data deles! Escrevi um para os pais e um para mim e para a Maria.

 

Passeei (escreve-se assim?) pelo centro da cidade, quando encontrava postais parava... não sou moça de compras nem lojas de roupa, por isso em pouco sítio entrei. Entrei na 'CASA' (cá não há) e a loja cheira ao mesmo em todo o mundo, entrei em dois supermercados, tinham umas chouriças parecidas às nossas.

Comprei um bolo... o meu bolo favorito da Suiça! Batonette au vanille! Ca bom! Mas também não provei muitos mais :P

 

Infelizmente pouco tempo depois começou a chuver. Eu como não me afecta andar à chuva, lá continuei... andei pelos passeios à beira do lago.

 

 

Os patinhos.

 

 

 

Fui comprar selos... andei, andei.. andei, até que 2h30m depois fartei-me de andar à chuva e rumei até ao hospital que eu tinha visto um café à entrada.

 

Acacaba de chegar ao hospital, a reunião acabou e ele tava safo, granda timing!

 

Fomos até ao centro comercial que fica por baixo do estádio do NeuchÂtel Xamax. Não é muito grande e basicamente só tem lojas de roupa e acessórios. No entanto, tem lá um supermercado grandote, onde comprei queijo e os chocolates da praxe! (A chocolátra da Maria matava-me se eu não lhe levasse chocolates). O Raminhos aproveitou para abastecer a cave com Sagres pois estava em promoção.

 

O mais curioso no supermercado foi sem sombra de dúvida os carrinhos.

 

´

 

 

A foto não mostra bem, mas aquela coisa cinzenta espetada no lado esquerdo é uma lupa. Mas que ideia genial! Isto dava um jeitaço para a minha mãe que está a ficar vesga :P (mãe, arranja uns óculos decentes e deixa de usar os do chinês SFF!!). Não chamando a minha mãe de velha (que ela não o é), isto é muito bem pensado para a velhada! É bastante frequente as velhotas lá me perguntarem o preço das coisas, ou se aquele arroz é de cozedura rápida ou não. Pois, trau! Lupa com elas, letras gigantes! Facilitava-lhes a vida... mas eu cá acho é que elas gostam mesmo é de meter conversa e de companhia. Eu não me importo que eu gosto de velhotes, e as velhotas britânicas são um espectáculo! (as de Portugal também são fixes).

 

À noite havia janta do serviço do Raminhos, na associação portuguesa, e eu fui também.

 

Com um bitoque porque me estava a apetever, o Raminhos comeu polvo, que tinh um aspecto do outro mundo e para a próxima (se houver próxima lol), é o que vou pedir de certeza absoluta... mas então, estava-me a apetecer bitoque! 
Também marchou uma Sagres, um copo de Mateus rosé e sobremesa foi um doce do chege.

 

Comi melhor nestes quatro dias em restaurantes daqui do que em quase toda a minha estada em Inglaterra. Doses muito bem servidas (demasiado até para o que estou habituada a comer) e o preço muito em conta. 
Ir ao restaurante onde vivo (sem ser o japonês, coreano ou chinês), saí caríssimo. Num restaurante italiano por exemplo, um bife custa por volta das £28 (só o bife)... aqui, um jantar com bebdia e sobremesa ronda as £15 (pelo menos onde fui). Epá... não acho NADA caro!

 

Vi um pouco de RTPInternacional, aquilo na Madeira está mesmo um pandemónio... fiquei de boca aberta quando vi as imagens na net. Tenho que ver como estão as famílias dos meus colegas madeirenses lá do trabalho.

 

Enfim, hoje é a minha última noite na Suíça. Amanhã saímos de manhãinha para Genebra que tenho um avião a apanhar.

 

Assim que aterrar em Bournemouth vou firectamente para a uni que tenho uma aula de Biologia molecular forense... que é difícil que nem cornos!

 

À bientôt Suisse!

 

-----

 

 

E foi assim, não escrevi mais nada... mas ainda tirei umas quantas fotos depois.

 

 

 


 

Que venha o próximo city break!!!!!!!!!

 

 

E pronto, agora que já tirei isto do caminho... a ver se os posts voltam à (a)normalidade do costume!

 


 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 13:51

A temível D

Quarta-feira, 05.05.10

Posso resumir o meu último mês de vida com duas frases assim em modo de reza:

 

Com Dissertation me deito
Com Dissertation me levanto

 

Apesar de muitas dificuldades e contra-tempos, quatro supervisores diferentes e cinco mudanças de tópico (o último só foi aprovado no dia 29 de Março e mesmo assim 'alterei-o'), muita frustração.... muitas horas de trabalho deitadas para o lixo e muita caneta e papel usado, já está!

 

 

 

Fiz num mês o que era suposto ter feito em 12... não estou muito totalmente satisfeita com o resultado, mas espero passar porque mereço porra!!!

 

 

Sinceramente não sei como é que a polícia não me bateu à porta... fartei-me de andar em sites nazis, terroristas, activistas... e digo, ui! O que anda para aí...

 

Ainda tenho exames daqui a duas semanas (tenho que começar a estudar a sério!), por isso não me sinto totalmente aliviada... mas ao menos, hoje sei que vou para a caminha sem este peso nas costas, e não preciso de estar de pé até às 6 da matina por causa de uma deadline... Isto todos os dias a ir para a cama de dia e acordar 3 horas depois dá cabo de uma pessoa.

 

Mas... não é por não estar aliviada que não deixe de estar excitada!

 

 

ACABEI PORRA!!!!!!!

 

 

YEAH!

 

 

Mas para além de excitada estou também estupidamente feliz (quer dizer senão tivesse a casa num caos e tanta roupa para lavar talvez ainda estivesse mais!)

 

 

 

 

 

Agora é só esperar pelos resultados... com um pouco de sorte safo-me :)

 

Transcrevo aqui parte dos meus agradecimentos... e não traduzo porque soa horrível em português. Mãe e pai, é favor porem esse inglês em pratica, e aproveitem este momento único de lamechice!

 

"I owe the deepest gratitude to my parents, whom despite all the hardships in life always fought to allow me access to an education that they both did not have. Their strength towards life and their power to overcome its obstacles made me the person I am today. I am very glad to have such wonderful parents and I recognise all the sacrifices they went through to let me proceed with my studies. To those whom I miss dearly a very heartfelt thank you."

 

E prontos...

 

DISSERTATIONS NUNCA MAIS!!!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031