Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Momento doloroso!

Quarta-feira, 30.09.09

(Bai Bai Portugal! Éllo Ingland!)

 

 

Acho que o meu pai tem de ir à bruxa!

 

 

 

Primeiro caiu-lhe um candeeiro no pé, lá foi apanhar pontos, depois picou-lhe uma vespa (ou uma abelha, não me lembro) e por último caiu-lhe uma lata de feijão preto no LIDL.

 

Eu bem lhe disse para ele ir ao hospital... mas como o gene da teimosia anda pela família, quando ele foi já 'era tarde'... agora é esperar que a unhaça salte. Gostoso!

 

Tadinho... aquilo dói.

 

No entanto acho que o gene azarento também me afecta... foi só chegar e fiquei 'presa' no carro durante 4 horas. Mais uma prova que nada bate os carros pré-históricos, onde uma simples bateria descarregada não os impedia de trancar as portas do carro.

Coisa estúpida é que não tive problema nenhum a destrancá-lo... mas a trancá-lo de volta, esquece.

Após 4 horas de espera, um piquenique no meio e uma sesta, lá chegou o meu salvador André, que com cabos de bateria desfribilhou-me o carro! *CLEAR* PFJUMMM!

 

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

Continuando ainda com a saga da Zu!

Sábado, 26.09.09

Enfim... a Zu não tem blog, mas não há problema que eu trato já do assunto.

 

Eu e a ela somos amigas desde que éramos pukaninas, fomos da mesma turma na primária e andámos na patinagem juntas. Ganhamos alguns títulos a nível nacional em corridas em patins, mais tarde demos aulas à miudagem na escola de patinagem. Escusado será dizer que isto foi há milénios atrás...

 

Acho que precisaria de um ano a contar as coisas que fizemos juntas quando éramos gaiatas, mas o que conta é que apesar de vivermos longe uma da outra e tenhamos seguido cada uma o seu caminho, o facto é que cada vez que nos revemos parece que sempre vivemos a 10 minutos de distância e que lidamos diariamente uma com a outra.

 

Tenho outros amigos assim... reformulo, é assim que devia ser no que toca a amigos! Desde que me fui embora, com alguma tristeza alguns amigos revelaram-se meramente 'conhecidos', curiosos e interesseiros. Enfim, mudando de assunto.

 

A Zu é uma sortuda e trabalha no Palácio da Pena, então (e como nunca tinha ido lá), fui dar um pulinho para lhe ver as trombas e aproveitei também para respirar ar puro.

Naquele dia ela estava na entrada dos lagos, aquilo é muita giro!

 

 

 

 

 

 

 

 

(Loira, estão aqui muitos psai-ai-ais... os patos estavam à porrada uns com os outros e as fotos ficaram uma porcaria!)

 

 

Prontos, agora que já conhecemos o local de trabalho da Zu, passamos para a casa dela:

 

Vista maravilhosa para o Tejo!

 

 

 

Yeah right... isto é tão verdade quanto eu vestir calças 34.

 

 

E para terminar, as bichezas! A Zu sempre foi a mulher da bicharada!

Aqui está a gata Pu, que assim que cheguei apoderou-se logo da minha mala.

 

 

 

 

A Pu é muito meiguinha e deixa fazerem-lhe tudo! E aqui fica a Zoe, que também mora lá em casa. A Zoe é outra fofa e meiga, tem ciúmes da gata e deixa a gata fazer-lhe tudo. O melhor disto tudo é que a cadela só fala Inglês... por isso aquilo é uma casa bilingue. 'Pu saí daí, Zoe go to your bed!'

 

 

 

Gimme five!

 

 

Again!

 

 

Está muito bem treinada não haja dúvida. Eis um sorriso pepsodent!

 

 

Mas que linda! A Zoe aderiu ao dia sem carros, vêem? Lá vai ela com um Lisboa Viva.

 

 

E já chega de bichezas! Agora só quero mostrar o meu desagrado pela caneca a que me foi servido chá lá em casa:

 

 

Morangos com Açúcar... epá, poupem-me!

 

Enfim, com este post termina a saga da capital. Já estou a mentalizar-me que daqui a 3 dias estou de volta à bifolandia... escusado será dizer que a vontade não é muita.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Andar com uma licenciada em história e Indiana Jonices dá nisto...

Quinta-feira, 24.09.09

A Zu, como é uma host e peras e apetecia-lhe dar ar à pevide, levou-me ao Palácio Nacional de Queluz. Nunca tinha posto lá a bunda e embora não seja perita em história lá fui dar uma vista de olhos na coisa.

 

[Hiko-chan, I know you're reading this! This place is called Queluz National Palace (click here for more info), it dates the 18th century and it is one of the last Rococo buildings designed in Europe. Enjoy the pictures ^^ x]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ouch!

 

 

Double Ouch!

 

 

 

Monkey says yo, look at mah bling and cool hat!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Don Quixote's chamber:

 

 

 

 

Bem, depois de tanta história e rococó, passámos pelo IKEA que eu precisava de comprar sacos para o pai (sim, a mulher até ficou a olhar de lado... 20 sacos, mas quem raio é que leva 20 sacos do IKEA?)

 

Visto estarmos mesmo ao lado, fomos às compras ao Alegro. A Zu como é uma querida ainda me ofereceu uma blusa na promod (eu estava absolutamente tesa, sem dinheiro nenhum e não consegui comprar nada!!) e ainda houve tempo para matar o bicho:

 

 

 

 

Uma saladinha no Vitaminas que estava bem boa com suminho de laranja natural...

E agora fiquem com a pièce de résistance, uma foto da Zu... com cara de monga (palavras dela não minhas!!!)

 

 

Não me mates!!!!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um dia e pêras!

Segunda-feira, 21.09.09

Tive um dia porreiro :D

 

Vou dividir a coisa em vários posts porque sim.

 

Enfim, cartão multibanco... nada feito. Vai um novo para Lagos e não há mais nada a fazer! :( Agora é andar às tensas até o novo chegar lá a casa... duvido que vá chegar antes de eu ir lá prás outras bandas mas 'prontes'.

 

O dia esteve maravilha!!! Calor mas não em demasia e estava um céu azul lindo!

 

 

 

Hoje almocei com o Angelo, um rico de almoço sim senhor!

 


 

 

Hmmmmm.... YUM!

 

 

Fui assediada por uma cigana "Venha cá ler a sina jeitosa!!!", nunca me tinha acontecido... há uma primeira vez para tudo! Dois palmos de conversa sentados num banquinho no jardim, e o tempo passou num instante!

Partilhamos histórias, historinhas e historietas(r) das incríveis terras das gueishas, sanitas aquecidas, de sua majestade a Rainha, das cabines telefónicas vermelhas e ainda da terra do Marco Paulo, do vinho Machadinho... e MAIS! Foi uma conversa muito internacional, não haja dúvida, lol!

 

Ficam as fotos para lembrar o evento!

 

 

Er... depois tentou-se outra vez que ele é "mais esticadinho", palavras dele... não minhas!

 

 

Foi assim... depois lá fomos cada um p'rá sua vidinha, com a promessa de um re-encontro!

 

 

 

(Bem... isto vai aqui uma sessão de fado nesta casa que é uma coisa doida!)

 

 

 

Post 1 complete.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E a saga das gaijices continua...

Domingo, 20.09.09

Olhem só o que esta gente me faz...

 

 

 

 

... esta Zu anda-me cá com umas pancas. Foram os sapatos mais altos que alguma vez pus nos pés, mas estou orgulhosa visto ter dado 3 passos e não ter partido nenhum artelho.

 

Deixei os afilhados e agora estou na casa da Zu e da Loira (são manas). É tradição roubar sapatos à Zu, visto ela ter a pata pequena tal como eu.

Tenho uns sapatinhos de cunha cremes dela que ainda me safam quando tenho de me empinocar toda, isto já lá vão uns 8 anos desde que os 'gamei'... mas enfim, matacões destes dispenso.

 

Em termos de comes e bebes, hoje o pequeno-almoço foi isto:

 

 

Uma arrefada er... perdão, pão de Deus misto e um galão.

Ao jantar foi esparguete à Bolonhesa.

 

A Pu da Zu está aqui está a apanhar um choque... a gata aparentemente gosta de lamber cabos e tomadas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Será que fui eu que encolhi...

Domingo, 20.09.09

... ou estou rodeada de comida gigante?

 

Primeiro o pequeno almoço que nada teve de pequeno, e às horas que foi mais devia ter sido lanche.

 

 

 

 

Depois a janta...

 

 

 

Uma pizza Venezia na La Finestra... e, apesar das críticas positivas que andam por aí acerca do restaurante, não achei por aí além.

Gostei das toalhas de mesa do restaurante, mas cada parede estava pintada com uma cor diferente... aquilo parecia uma creche ou uma sala feita com lego.
Acho que não combina nada bem. Toalhas de mesa típicas, uma cozinha que não está amostra (independentemente de ter um vidro que a cerca), só dá para ver os pizzeiros do pescoço para cima. Sabe-se lá o que estarão eles a fazer com as nossas pizzas! Acho que de tão fino que queriam decorar o restaurante, aquilo ficou estranho  . Não há harmonia e os diferentes estilos entram em conflicto.

 

O dito vidro, só serve para os pizzeiros conseguirem olhar para a sala e babarem-se para o gajedo cá de fora. Bastante desconfortável porque olhavam fixamente para as pessoas da sala, soltavam risinhos, as meninas passavam e lá eles a seguiam com os olhos. Um aspecto do cacete... mas que falta de profissionalismo. Devem pensar que lá por nãos os ouvirmos não sabemos que estão a reenforçar os egos com 'aí fazia-lhe e isto e isto'...

 

Enfim, achei caro para o que comi... não achei nada de jeito. Mas a malta era muita e a coisa passou-se.

 

Antes da janta ainda fui ter com a Zu ao Palácio da Pena, tirei umas fotos mas já é tarde e está a dar Dexter, por isso logo as ponho aqui amanhã.

 

Nota, isto de não ter cartão multibanco tirou-me a independência no que toca a recarregamentos de telemóvel . Preciso de recarregar o meu telemóvel que está sem pilim... lá vou ter eu de pedir a uma alma caridosa que me faça o favor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Definitivamente, a capital está mesmo a tornar-me numa gaja!

Sábado, 19.09.09

Ontem foram as compras, hoje foi a Oprah... ou é da casa dos afilhados ser toda pipi, ou são os ares aqui da zona que me põem em contacto com a minha parte feminina.

 

Já não via a Oprah há algum tempo. Não apanho SIC mulher em casa e como não tenho cabo lá nas minhas outras bandas não tenho a direito a coisas dessas. Não vejo muita televisão quando estou por lá, mas quando passo algum tempinho em casa por vezes a ver ITV2...

 

A ITV2 à tarde só passa talk shows, na sua maioria americanos... mas normalmente quando começo no Jeremy Kyle só acabo mesmo na Judge Judy.

Jeremy Kyle é lá do UK e é um show onde ao contrário do Jerry Springer não tem espalhafato e porradaria... mas trata mais ou menos do mesmo tipo de assuntos. O Jeremy normalmente acaba os 'casos' com testes de paternidade e detectores de mentira... e é levado mais a sério. Aconselho a ver um programazito, só para ter ideia de que na Inglaterra nem todas as pessoas são finas... e que os 'ingleses' que vemos cá, aqueles que vêm passar férias, não são o único tipo de 'ingleses' que vivem lá. Digo 'ingleses' porque na realidade não estou só a referir-me a ingleses como também galeses e escoceses.

Há muitos chavs e malta na dole... ganhar subsídios do estado é do melhor que a malta lá faz, para não falar que muitos adolescentes optam por engravidar (ou engravidar as namoradas) para terem direito a uma casota e a um 'salário' que faz com que comprem LCDs e passem o dia agarrado à XBOX em vez de irem trabalhar...

Não, nem toda a gente de lá é assim... mas há uma quantidade brutal de pessoal que abusa das facilidades que o estado dá... er, não que os meus descontos e o de outros trabalhadores dão.

 

Mas voltando ao Jeremy Kyle, depois de uma double-bill de JK, dá a Ricki Lake, seguido do Montel, depois dá a Sally Jjessy Raphael e a tarde acaba em grande com a Judge Judy. E agora que já disse a programação completa das tardes da ITV2, volto ao programa com que comecei o post... a Oprah.

 

Enquanto os afilhados dormiam (tadinhos, bem precisam que estão cansadinhos da semana de trabalho), eu após umas míseras cinco horitas a dormir não consegui fechar os olhinhos mais. Lá liguei aqui o home cinema (lol), e zappei o meu caminho até à SIC mulher... aquele canal que eu nunca consegui apanhar lá na minha casa em Lagos.

 

No programa a Oprah teve lá como convidado o Montel (sim, aquele que falei ali em cima)... e lá falaram da esclerose múltipla que o aflige, outros famosos com doenças vieram à banda, mas houve um que me chamou a atenção visto não fazer ideia que a Fran Drescher (lembram-se da Nanny?) teve cancro no útero.

 

Entretanto lembrei-me o que queria ter postado esta madrugada... consegui reaver o meu cartão multibanco!!! Mas não o posso usar até Segunda-feira.

O processo até foi bastante simples, embora tivesse demorado um bocadito.

De manhã fui até ao BPN da Fontes Pereira de Melo, o banco do multibanco devorador de cartões, lá expliquei a situação... como aquilo foi na noite anterior, o cartão estava lá, só que só me era dado se a CGD (o banco do meu cartão) mandasse um fax a autorizar a entrega. Coisa fácil... a Caixa era a 1 minuto de distância e fui bastante bem atendida, e a senhora era simpática e brincalhona... 'então, esqueceu-se do cartão? ficou a olhar para o sol?' 'áquela hora o sol não era muito',

Enfim... o fax foi enviado, o cartão foi-me entregue... mas em casos de 'esquecimento do cartão' nos multibancos, a caixa substitui os cartões. Mas como aquilo houve um lapso pequenito de horas, a senhora disse para dar lá um pulito na segunda para lhe dizer olá.

 

No meio de isto tudo só estou feliz foi de me ter dado a preguiça antes de vir para cima e não ter depositado o dinheiro que tinha no banco... estava bem lixadinha, por esta hora já estava num stress brutal! Não gosto muito de andar com a carteira cheia, mas desta vez deu-me cá um jeitaço.

 

Bem, a ver que aventuras me esperam hoje aqui ao pé do Tejo.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 12:05

Damn... no meio desta bruteza toda existe uma gaija!

Sábado, 19.09.09

Pois... bem lá mesmo escondida no fundo.

 

Hoje fiz algo inédito, nunca dantes visto... e semi-auto-surpreendente! (Qual acordo ortográfico, qual quê? Hífens existem são p'ra ser usados!)

 

Passei o dia a passear e a entrar em lojas de roupa. Note-se... detesto comprar roupa! Não só porque estou gorda e não gosto de me ver com nada, como também acho um desperdicio de dinheiro gastar dinheiro em trapinhos... tenho tanta melhor coisa em que gastar diheiro.

 

Mas o meu guarda-roupa (especialmente desde que o 3º michelin surgiu aqui no abdomen) está er... reformulando, qual guarda-roupa? Devo ter uns três pares de calças do chinês (o único sítio onde encontro calças que me sirvam com cintura subidinha), e meia dúzia de blusas rançosas... que não me favorecem nada nem reflectem um pouco da individualidade da minha pessoa! (Gosh, mas que raio é que se passa comigo hoje... passei o dia todo na badalhoquice e agora às tantas da manhã estou toda filosófica!)

 

Enfim... continuando, entrei em mais lojas de roupa hoje do que entrei nos passados dois anos. Também gastei uns trocos e coiso e tal... nada do outro mundo, mas há anos que não gastava tanto dinheiro em roupa num dia só. Um vestidinho, duas blusitas, um acessóriozito... nada de por aí além. Mas para quem é unha de fome para compras do género foi uma conquista! Mas a maior conquista delas todas foi que... não achei o processo assim tão doloroso. Não vou ao extremo de dizer que me diverti enquanto revistava as cruzetas, mas posso dizer que acho que foi a vez nas minhas quase duas décadas e meio de vida que menos me custou ir comprar roupa... estava com disposição para a coisa.

 

Ainda passei um bocadinho na FNAC, a folhear livros... estava com apetites de comprar um livrito, mas os preços tiraram-me qualquer vontade! Ainda estou à espera em que um livro em Portugal não seja considerado um luxo e artigo de enfeitar mobilia...

Livros são para ser lidos, usados...
 

Lá na bifolândia os livros custam o preço da chuva... toda a minha gente lê! Livros usados a preços ridiculos (tipo 20p cada)... e não há nada de finúrias. Livro é p'rá guerra!

(Okay, estou a generalizar... há livros que não atreveria a levar comigo na mala e ler fora de casa, e que estou disposta a gastar pipas de massa, mas esses são muito poucos e conto-os com os dedos da mão).

Gosto de comprar livros usados não só pelo preço, por vezes dou por mim a pensar na quantidade de pessoas que já leu as mesmas páginas que eu... as vezes que o levou à retrete, a quantidade de E. coli que lá está.. cheiros estranhos, manchas desconhecidas. Depois quando acabo os livros, dou às lojas de caridade para serem revendidos a preços estúpidos... e o ciclo continua, e lá vai outra pessoa lê-lo.

Um dia ponho lá um tracker ou um raio do género... seria giro, ver por quantas mãos o livro passaria.

 

Bem, já mudei completamente a minha linha de raciocínio... esqueci-me completamente do que queria dizer, mas nada tinha a ver com livros. Logo me lembro...

 

Aqui ficam as fotos do meu jantarinho hoje:

 

 

Um bife à balcão na Portugália do Almada Fórum... estava bem bom.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já tinha saudades da capital!

Sexta-feira, 18.09.09

Eu sei, eu sei... isto tem estado morto. A ver se isto arrebita daqui para a frente!

 

Estou em bandas de Lisboa, há já muito tempo que não punha cá os pés... e admito, já tinha saudades.
Vim sozinha de pópó e passei pela primeira vez o túnel do Marquês! Só de pensar que aquilo já foi inaugurado em Abril de 2007, dá para dar uma ideia do tempo a que não punha aqui o cú.

 

Há uns tempos, em conversas com a afilhada, ficou combinado uma ida ao Aya de Carnaxide para 'sushar' (como o afilhado disse). E foi mesmo hoje! Assim que saíram do trabalho lá fomos nós todos... só de pensar no jantar já espumava da boca.

 

Como isto não se faz todos os dias (meses... anos!), foi mesmo para a desgraça... e embora as fotos não façam justiça ao espectáculo de cor (e sabor) da coisa. Ficam com uma ideia.

 

 

A entrada, hoje era polvo!

 

 

 

 

 

Qual barca, isto era um cruzeiro! Nem sabia por onde começar... mas deu-se conta daquilo tudo, e não sobrou NADA.

 

Eles bem me diziam que ia gostar... e posso dizer que embora lá o meu Nippon Inn seja porreirito, a sushada de hoje pôs a fasquia muito alta!

 

Peixe fresquíssimo que derrete na boca... os manhos lá a gritar boa noite e obrigada, a decoração do restaurante, as toalhas de turco para limpar as mãos na casa de banho (tal como no meu trabalho), as salas privadas que vistas de fora parecem casinhas. Só vendo mesmo.

 

Enfim, tenho peixe crú até às orelhas... ainda estou a digeri-lo.
Tenho uma enxaqueca que por mais drogas que tome não há maneira de passar... até de máscara fria já andei.

 

Amanhã lá vou para Lisboa (estou em Almada agora) a ver se consigo recuperar o cartão multibanco que a máquina me comeu hoje na Fontes Pereira de Melo, dar umas voltinhas e coiso e tal.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olhó pêxinho fresquinhe!

Terça-feira, 01.09.09

O card reader não quer detectar o cartão da camera e ainda não me dei ao trabalho de ir comprar um cabo USB para a coisa... a falta de fotografias juntamente com a falta de tempo têm feito com que aqui o cantinho esteja armado em snoozeville.

 

Mas, como o pai é um grande fotógrafo... e tal como eu tem tendência para andar com a camera em riste, encontrei umas belas fotos aqui no computador dos progenitores, então hoje aproveito e ilustro aqui o post com umas fotos dele.

 

Ainda não comi peixinho desde que cá cheguei, e hoje está a apetecer-me imenso um belo sargo assado! O meu pai para além de tirar umas fotos giras também sabe pescar... e não fosse a falta de tempo acho que passava os dias inteiros de cana na mão.

 

Segundo a pasta, isto foi o resultado de um dia de pesca em Sagres, algures em Janeiro...

 

 

Depois de amanhado, pronto a apanhar sal grosso e ir prá grelha! (Outros provavelmente foram para o congelador).

 

 

Hmmm... e ovas, aiiii que eu gosto tanto de ovas!

 

Enfim... por ironia, é no Verão que peixinho me sabe melhor, e cá em casa é quando menos se come, pois o pescador de serviço não tem tempo para ir pescar.

 

Fico à espera do meu sargo... entretanto a ver se cravo a alguém para me ir fazer companhia ao Escondidinho para comer uns carapaus e sardinhas! Para quem não sabe o que é o Escondidinho recomendo a leitura deste post, onde o autor retrata o ambiente da coisa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930