Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Damn... no meio desta bruteza toda existe uma gaija!

Sábado, 19.09.09

Pois... bem lá mesmo escondida no fundo.

 

Hoje fiz algo inédito, nunca dantes visto... e semi-auto-surpreendente! (Qual acordo ortográfico, qual quê? Hífens existem são p'ra ser usados!)

 

Passei o dia a passear e a entrar em lojas de roupa. Note-se... detesto comprar roupa! Não só porque estou gorda e não gosto de me ver com nada, como também acho um desperdicio de dinheiro gastar dinheiro em trapinhos... tenho tanta melhor coisa em que gastar diheiro.

 

Mas o meu guarda-roupa (especialmente desde que o 3º michelin surgiu aqui no abdomen) está er... reformulando, qual guarda-roupa? Devo ter uns três pares de calças do chinês (o único sítio onde encontro calças que me sirvam com cintura subidinha), e meia dúzia de blusas rançosas... que não me favorecem nada nem reflectem um pouco da individualidade da minha pessoa! (Gosh, mas que raio é que se passa comigo hoje... passei o dia todo na badalhoquice e agora às tantas da manhã estou toda filosófica!)

 

Enfim... continuando, entrei em mais lojas de roupa hoje do que entrei nos passados dois anos. Também gastei uns trocos e coiso e tal... nada do outro mundo, mas há anos que não gastava tanto dinheiro em roupa num dia só. Um vestidinho, duas blusitas, um acessóriozito... nada de por aí além. Mas para quem é unha de fome para compras do género foi uma conquista! Mas a maior conquista delas todas foi que... não achei o processo assim tão doloroso. Não vou ao extremo de dizer que me diverti enquanto revistava as cruzetas, mas posso dizer que acho que foi a vez nas minhas quase duas décadas e meio de vida que menos me custou ir comprar roupa... estava com disposição para a coisa.

 

Ainda passei um bocadinho na FNAC, a folhear livros... estava com apetites de comprar um livrito, mas os preços tiraram-me qualquer vontade! Ainda estou à espera em que um livro em Portugal não seja considerado um luxo e artigo de enfeitar mobilia...

Livros são para ser lidos, usados...
 

Lá na bifolândia os livros custam o preço da chuva... toda a minha gente lê! Livros usados a preços ridiculos (tipo 20p cada)... e não há nada de finúrias. Livro é p'rá guerra!

(Okay, estou a generalizar... há livros que não atreveria a levar comigo na mala e ler fora de casa, e que estou disposta a gastar pipas de massa, mas esses são muito poucos e conto-os com os dedos da mão).

Gosto de comprar livros usados não só pelo preço, por vezes dou por mim a pensar na quantidade de pessoas que já leu as mesmas páginas que eu... as vezes que o levou à retrete, a quantidade de E. coli que lá está.. cheiros estranhos, manchas desconhecidas. Depois quando acabo os livros, dou às lojas de caridade para serem revendidos a preços estúpidos... e o ciclo continua, e lá vai outra pessoa lê-lo.

Um dia ponho lá um tracker ou um raio do género... seria giro, ver por quantas mãos o livro passaria.

 

Bem, já mudei completamente a minha linha de raciocínio... esqueci-me completamente do que queria dizer, mas nada tinha a ver com livros. Logo me lembro...

 

Aqui ficam as fotos do meu jantarinho hoje:

 

 

Um bife à balcão na Portugália do Almada Fórum... estava bem bom.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Videl às 03:39


3 comentários

De Angelo a 19.09.2009 às 11:54

Vês, podíamos ter ido ver isso juntos. É que eu gosto de ir às compras e com tanto tempo livre tenho aprendido maravilhas com a televisão. Até como disfarçar esse terceiro Michelin!

O bifinho tinha muito bom aspecto, sim senhor!

De Videl a 19.09.2009 às 12:00

Não sabes a falta que me faz uma Trinny e uma Susannah!!! Estás contratado!

De Yazu a 21.09.2009 às 02:51

quero um naco! amanha se ca ficares vamos às compras!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930